Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

CORRESPONDENTE

Ex-Band, Patrícia Maldonado é escalada pela CNN para cobrir adeus de Trump

REPRODUÇÃO/CNN BRASIL

Patrícia Maldonado de máscara, em entrada ao vivo para o Visão CNN nesta quarta (20)

Patrícia Maldonado em entrada ao vivo para o Visão CNN nesta quarta (20): correspondente do canal

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 20/1/2021 - 13h40

Apresentadora com passagens por Band e Record, Patrícia Maldonado foi escalada pela CNN Brasil para acompanhar os primeiros dias de Donald Trump como ex-presidente dos Estados Unidos. A jornalista de 45 anos foi contratada pelo canal de notícias para um trabalho temporário na Flórida, onde o político republicano deve residir depois de ter deixado a Casa Branca.

A escolha pela correspondente acontece por ela morar na região desde 2015, quando saiu do Brasil e se mudou com a família para os EUA. Nesta quarta-feira (20), Patrícia está participando ao vivo da programação do canal e acompanha a chegada de Trump a Mar-a-Lago, resort do ex-presidente em Palm Beach.

"Estou aqui em uma grande expectativa com jornalistas do mundo inteiro, que estão ao meu lado no lugar em que a gente pode chegar mais próximo de Mar-a-Lago. Donald Trump acaba de chegar no aeroporto de Palm Beach e, de lá, ele vai embarcar em um helicóptero para Mar-a-Lago, um percurso de cinco quilômetros", explicou a jornalista.

Patrícia contou sobre o esquema de segurança que foi montado na região para a chegada de Trump. Ele quebrou uma tradição dos Estados Unidos ao não participar da cerimônia de posse do democrata Joe Biden, em Washington.

A jornalista já havia aparecido na programação da CNN Brasil na noite de terça-feira (19). "Muito feliz de fazer parte de uma cobertura histórica!", escreveu ela em um post no Instagram.

Confira abaixo o Visão CNN. A participação de Patrícia aconteceu logo no início do noticioso comandado por Carla Vilhena:

Desde que se mudou para os Estados Unidos, há quase seis anos, Patrícia já participou de coberturas e reportagens esporádicas para a Band, além de ter aparecido na emissora para comandar o Band Folia e até para cobrir férias no extinto Aqui na Band.

Em entrevista ao Notícias da TV no início do ano passado, ela admitiu que tinha o desejo de intensificar o trabalho como correspondente para a Band. "É uma maneira de eu continuar trabalhando na televisão, continuar morando onde tô morando, unir o útil ao agradável", explicou Patrícia.

Ao que parece, no entanto, a oportunidade bateu na CNN Brasil. Veja o post abaixo:


Leia também

Web Stories

+
De série com Liniker a nova temporada de Elite: Confira os lançamentos da semanaBastidores de O Diabo Veste Prada tiveram atriz deprimida e look vetado, saiba maisJuliette, Zico e Anitta: Sete celebridades que viraram tatuagens de fãsOportunidade de brilhar: Cinco PCDs que atuaram na TV brasileiraLançamentos da semana têm filme indicado ao Oscar e comédia sangrenta

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou da escolha da reprise de Pega Pega?