Acidente em gravação

Dublê de Ricardo Pereira cai do cavalo e acusa a Globo de descaso

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Ricardo Pereira cavalga em cena de Deus Salve o Rei; dublê do ator caiu do cavalo e precisa de cirurgia - REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Ricardo Pereira cavalga em cena de Deus Salve o Rei; dublê do ator caiu do cavalo e precisa de cirurgia

MÁRCIA PEREIRA - Publicado em 10/04/2019, às 06h38

Dublê do ator Ricardo Pereira em Deus Salve o Rei, Emanoel Soares Silvares sofreu um acidente em seu segundo dia de gravação, em 5 de junho de 2018, e está há dez meses sem poder trabalhar, enfrentando dificuldades. Ele caiu de um cavalo e teve os movimentos do braço direito limitados porque rompeu o ligamento do cotovelo. O profissional acusa a Globo e a agência de casting Stelar Produções Artísticas de descaso. Sem dinheiro para pagar suas contas e comprar remédios, ele ficou deprimido e até pensou em suicídio.

O figurante de 34 anos conta que consultas, exames e sessões de fisioterapia foram pagas pelo seguro de acidente de trabalho da emissora. Porém, sem trabalho, ele se endividou para ter que ir ao médico, comer e pagar aluguel. "Tudo eu tinha de me virar. Vivi um abandono, um descaso", desabafa.

Depois de oito meses de tratamento, o dublê de corpo descobriu que precisará ser operado. Começou em fevereiro, então, a "implorar" pela cirurgia, mas ficou sem resposta e decidiu processar a Globo e a agência Stelar. 

Procurada, a Comunicação da Globo informa somente que a emissora "não recebeu documento ou intimação" sobre o caso de Silvares. O Notícias da TV conversou com Miriam Sarlo, uma das proprietárias de agência responsável pela contratação do figurante.

Ela confirmou o "incidente" há dez meses, mas nega descaso. "Ele não ficou desamparado, foi assistido", diz a porta-voz da agência.

"Desde o laudo médico solicitando a cirurgia, em fevereiro, os envolvidos não mais se pronunciaram. Estou sem poder trabalhar. Estou passando necessidades. Agora, tenho que esperar o juiz dar o parecer. Não tenho como comprar os remédios, estou há oito dias sem dormir, sinto dores e ninguém se importa com isso", rebate Silvares.

Esse é o segundo caso que vem à tona neste ano de indignação pelo tratamento dado aos figurantes de novelas. O primeiro ocorreu após a morte de Joseph Lima dos Santos, que passou mal em uma gravação de O Sétimo Guardião.

Emanoel Soares Silvares foi internado após cair do cavalo em gravação de novela da Globo

O advogado do dublê, Bruno Rocha Lemos Leite, conta que a ação foi distribuída no último dia 19 na Justiça do Rio de Janeiro. Ele explica que seu cliente pleiteia, além da reparação pelos danos morais sofridos, que as empresas (Globo e agência de figurantes) arquem com os custos médicos até que Silvares possa voltar a ter uma vida saudável como ele tinha antes do acidente.

Silvares faz figuração há oito anos, mas não vive só disso. Também trabalhava com placas de gesso. Ele deixou a barba crescer para fazer o trabalho de dublê de Ricardo Pereira. Substituía o ator em cenas sem falas e nas que o personagem Virgílio só aparecia de longe em Deus Salve o Rei.

O figurante conta que foi para a gravação sem saber que teria de montar a cavalo. "Ninguém veio perguntar se a gente sabia montar. Eu sou de Nova Cidade [distrito de Rio Bonito, no Rio]. Monto desde novo, não reclamei por saber montar, mas o animal estava arredio. Disparou e, quando puxei a rédea, fui jogado longe", lembra.

"Fiquei internado um dia. O ortopedista pediu para eu voltar após 12 dias. Ele constatou lesão ligamentar do cotovelo direito e fiquei sem mobilidade no ombro."

Tentativa de suicídio

O figurante diz que ficou muito deprimido. "Em agosto, procurei um psiquiatra que solicitou minha internação porque ele viu que eu ia acabar atentando contra a minha vida, mas não fui internado. Comprei remédios para tratar ao menos a mente, que não estava legal com esse abandono, esse descaso", desabafa.

"Eu tentei me enforcar. Eu tenho um saco de treino, cheguei a fazer o laço de forca. Foi aí que eu vi que estava muito ruim". Ele afirma que não teve como dar continuidade ao tratamento psicológico por falta de dinheiro.

Miriam, a representante da agência, afirma que o andamento do pedido de cirurgia de Silvares não foi adiante porque o figurante se recusou a ir a um segundo especialista --exigência da seguradora. "É interesse nosso fazer tudo certinho. Mas ele não quis ir e informou que tudo é para ser tratado com seu advogado", diz.

Silvares nega essa informação. "O médico que me acompanha deu o parecer, e não me responderam. Conversei com meu advogado e fiz uma postagem no Facebook. Aí, milagrosamente, entraram em contato e disseram que não sabiam do parecer médico. Contei da minha situação e falaram que iam dar prioridade à minha cirurgia, o que não aconteceu", afirma o figurante.

Tudo sobre

Globo

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O que você mais quer ver no BBB20?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook