MENTIRINHAS

De Ellen presidente a botão antissexo: sete mentiras de 1º de abril

Divulgação/CW e NBC

Jared Padalecki em Supernatural e Steve Carell em The Office: séries viraram piadas em 1º de abril - Divulgação/CW e NBC

Jared Padalecki em Supernatural e Steve Carell em The Office: séries viraram piadas em 1º de abril

REDAÇÃO - Publicado em 01/04/2019, às 18h23

Às vésperas de sua 15ª e última temporada, a série Supernatural abriu mão de seus dois protagonistas, Jared Padalecki (Sam) e Jensen Ackles (Dean), e investirá em personagens coadjuvantes na reta final. Já a comédia The Office, exibida entre 2005 e 2013, ganhará novos episódios na Netflix. As notícias foram alguns dos destaques do 1º de abril na TV. E, é claro, não são verdadeiras, como preza o Dia Internacional da Mentira.

Mesmo assim, alguns fãs caíram nas (des)informações publicadas pelos atores da própria série. O Notícias da TV reuniu sete das grandes mentiras do mundo do entretenimento anunciadas neste 1º de abril:

Ellen presidente

O site Pink News decidiu peitar Donald Trump e lançou a apresentadora lésbica Ellen DeGeneres, um dos nomes mais populares da TV norte-americana, em campanha para a presidência dos Estados Unidos em 2020. Na corrida presidencial fajuta, ela teria a companhia da drag queen RuPaul, outro nome querido do entretenimento. Uma chapa que faria qualquer eleitor conservador arrancar os cabelos. "Vamos pintar a Casa Branca com as cores do arco-íris", anunciou a publicação.

TV para pudicos

A britânica BBC decidiu se divertir e, mais do que uma mentirinha, inventou um serviço inteiro. No Twitter, a rede anunciou que seu serviço de video on demand, o BBC iPlayer, ganharia o botão Skip the Sex (Pule o Sexo, em tradução livre). Está vendo uma série ao lado dos pais e uma cena mais quente está prestes a começar? Pule a sequência e evite o constrangimento. Confira:

Coadjuvantes sobrenaturais

Ao longo de 14 temporadas, Supernatural contou a história dos irmãos Sam e Dean Winchester. Imagine a surpresa dos fãs, então, com uma mensagem de que o 15º ano chutaria os protagonistas para escanteio e focaria nos anjos Castiel (Misha Collins) e Gabriel (Richard Speight Jr.). "É triste ver Sam e Dean partirem, mas os rapazes sempre serão parte da família. Vamos sentir saudade", brincou Collins. Veja:

Mais loucuras no escritório

Ganhadora do Emmy de melhor comédia em 2006, a versão norte-americana de The Office marcou época na NBC, e ainda rendeu um Globo de Ouro para o ator Steve Carell. Nos Estados Unidos, as nove temporadas estão disponíveis na Netflix, e causou furor o anúncio de Rainn Wilson (o divertido Dwight) de que a plataforma de streaming faria um anúncio imperdível a respeito da série. Os fãs acharam que se tratada de um revival, mas nada disso: era apenas uma brincadeira mesmo.

Agente Cooper vira-casaca

Twin Peaks (1990-1991, 2017) marcou época por causa do clima surreal construído pelo criador David Lynch, mas também cravou frases no imaginário dos fãs de séries. Caso do "Damn good coffee! And hot!" (Que café excelente! E quente!) dito pelo agente Dale Cooper (Kyle MacLachlan) várias vezes no decorrer da trama.

Bem-humorado, MacLachlan recuperou o bordão, mas o adaptou para a nova geração, apaixonada por iced coffee. "Amigos, decidi que a partir de agora só vou beber café gelado. Sinto desapontá-los, mas minha nova frase vai ser: 'Que café excelente! E muito gelado!'", brincou ele, que fez até uma montagem em vídeo:

Trailer de Aquaman

O mundo do cinema também lançou sua pegadinha: a Warner Bros. divulgou o trailer de Aquaman 2, continuação do longa do super-herói aquático vivido por Jason Momoa. Quem clicou para ver o vídeo, no entanto, se deparou com a divulgação de Shazam, que chega aos cinemas nesta quinta-feira (4). Assista:

Batman vampiro?

No Brasil, o site Legião dos Heróis, do UOL, também criou sua fake news sobre os heróis da DC Comics e divulgou que Robert Pattinson seria o novo Batman no cinema. Ele estaria acompanhado de outros atores da saga Crepúsculo, como Ashley Greene e Peter Facinelli. E o pior é que outros sites acreditaram...

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você gostou da escolha de Maju Coutinho para o Jornal Hoje?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook