Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DESEJO DE SILVIO SANTOS

Como SBT montou operação financeira para virar potência nos direitos do futebol?

GABRIEL CARDOSO/SBT

Téo José, ao lado do logotipo do SBT, com uma camisa azul: narrador é o principal nome esportivo da emissora de Silvio Santos

Téo José, principal narrador do SBT: emissora faz operação complexa para adquirir eventos de futebol

GABRIEL VAQUER, colunista

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 23/6/2021 - 6h45

O SBT pretende aumentar ainda mais seu cardápio de eventos para exibição na sua grade. Mesmo com a compra de torneios como Libertadores da América, Champions League, Supercopa da Uefa, Europa League e Copa América, a emissora de Silvio Santos quer mais. Ela está na disputa pelo Campeonato Paulista a partir de 2022 e monitora novas oportunidades de futebol --atualmente, a principal audiência da emissora.

Para atrair a FPF (Federação Paulista de Futebol) e os outros parceiros, como a Conmebol, o canal apostou em uma operação financeira complexa, mas bastante segura, que passa por todos os setores da emissora, mas principalmente pelo departamento comercial. A ordem é nunca ultrapassá-lo e sempre fazer uma "compra segura".

O Notícias da TV apurou que o valor que o SBT costuma oferecer para os eventos obedecem a um teto definido pela alta direção, com base em um estudo realizado previamente pelo departamento comercial do SBT. O setor é comandado desde o fim de 2019 por Fred Muller, executivo que trabalhou durante 20 anos na Globosat, os canais pagos do Grupo Globo.

Muller, juntamente com sua equipe, faz abordagens no mercado publicitário para saber quais marcas teriam interesse em anunciar no evento. Baseando-se nisso, apresenta um estudo com uma estimativa de faturamento que a competição poderia ter. Se o parecer apontar que o evento não dará lucro ao SBT, a emissora desiste de qualquer negócio.

A palavra final é sempre de José Roberto Maciel, vice-presidente do SBT, junto com a direção de Esporte, comandado por Luciano Callegari Júnior. O dono Silvio Santos sempre é informado de tudo. Foi por iniciativa dele, inclusive, que a emissora decidiu investir na compra do futebol. Até o momento, o apresentador de 90 anos está satisfeito com o novo departamento esportivo.

SBT se recusou a pagar mais pelo Carioca

Um exemplo da "responsabilidade financeira" do SBT é o Campeonato Carioca, negociado no início do ano. O canal de Silvio Santos era o favorito para adquirir os direitos para televisão aberta, já que os clubes não consideravam uma proposta de R$ 45 milhões por todas as mídias (TV aberta, TV paga e pay-per-view) da Globo. O objetivo era vender de forma fatiada e apostar em um pay-per-view próprio.

O SBT ofereceu R$ 16 milhões pelos jogos em dois anos de contrato (seriam R$ 8 milhões por 2021 e mais R$ 8 milhões por 2022). O valor seria usado para pagar os clubes e custear a operação dos serviços próprios dos times cariocas. Quando o acordo estava perto de ser fechado, a Record ofereceu R$ 26 milhões pelo mesmo tempo de contrato (R$ 11 milhões em 2021 e R$ 15 milhões em 2022).

Como a negociação estava mais avançada, o SBT teve a oportunidade de fazer uma contraproposta. Porém, se o valor ultrapassasse os R$ 8 milhões propostos, para o SBT não era mais interessante ter o estadual.

No fim das contas, abrir mão dos direitos foi até bom para o canal. "Se tivéssemos fechado o Carioca, talvez não iríamos tão fortes na Champions League", afirmou o narrador Téo José, em conversa com este colunista junto com os jornalistas Allan Simon, Alessandro Oliveira e Renan Rodrigues no YouTube na semana passada.


Leia também

Web Stories

+
Harmonização facial e lente nos dentes: Veja antes e depois dos peões de A Fazenda 13Ex de Anitta e rei da pegação: Gui Araujo é o primeiro fazendeiro de A Fazenda 13Elenco, estreia e bastidores: Saiba tudo sobre o reboot de Um Maluco no PedaçoAgressão e barraco em festa clandestina: Veja histórico dos peões de A Fazenda 13Vereda Tropical no Globoplay: Veja por onde andam cinco atores sumidos da novela

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou do elenco de A Fazenda 13?