Jacqueline Brazil

Climão na Globo: Jornalista competitiva aparece demais e cria inimizades

Imagens: Reprodução/TV Globo

Jacqueline Brazil no Hora 1 da última quinta-feira: jornalista suspendeu férias a pedido da chefia - Imagens: Reprodução/TV Globo

Jacqueline Brazil no Hora 1 da última quinta-feira: jornalista suspendeu férias a pedido da chefia

DANIEL CASTRO - Publicado em 05/11/2018, às 05h45

A repórter Jacqueline Brazil nunca escondeu que sua meta é ser apresentadora de telejornais. Na Globo desde 2011, ela tem perseguido esse sonho que alimenta desde a adolescência com unhas e dentes. Seu comportamento competitivo, workaholic e proativo, no entanto, gerou um clima ruim nos bastidores da emissora em São Paulo.

Jacqueline começou a chamar a atenção há dois anos, quando virou primeira substituta de Gloria Vanique no Radar SP, quadro de trânsito do Bom Dia São Paulo, e de Izabella Camargo na apresentação da meteorologia no Hora 1 e Bom Dia Brasil.

Nessa movimentação, passou na frente de Tiago Scheuer, até então primeiro "stand by" do mapa-tempo matinal, e de Natalia Ariede, que assumia a coapresentação do Bom Dia nas eventuais ausências do titular Rodrigo Bocardi ou de Glória Vanique.

Há um ano, Jacqueline foi promovida para o rodízio de apresentadoras do tempo no Jornal Nacional aos sábados, na vaga de Maria Júlia Coutinho, destacada para a bancada do Jornal Hoje. A projeção no principal telejornal do país aumentou as intrigas em torno de seu nome.

Neste ano, Jacqueline teve uma ideia que seus chefes amaram: apresentar um quadro durante a Copa do Mundo com a previsão do tempo e as condições para a prática do futebol no exato momento da disputa de partidas do Mundial da Rússia. Exibido no Bom Dia Brasil e no Jornal Hoje, o projeto foi um sucesso.

Para executá-lo, Jacqueline teve um "núcleo", comandou uma equipe de profissionais. As pessoas começaram a perguntar por quê. Descobriram que a repórter, além de bonita, era inteligente. E ela trabalhou ininterruptamente durante toda a Copa, sem folgas nos fins de semana. Chegava na emissora às 4h da manhã e, em muitos dias, só saía por volta das 19h. E com um sorriso no rosto.

Jacqueline no quadro que sugeriu e apresentou durante a Copa: jornadas de até 15 horas

Em agosto, Jacqueline assumiu a apresentação do mapa-tempo do Hora 1 e do Bom Dia Brasil, no lugar de Izabella Camargo, em licença médica. No primeiro telejornal, conseguiu uma boa "química" com a âncora Monalisa Perrone e passou a imprimir um estilo próprio, descontraído e informal, o que virou assunto nos bastidores da Globo _ficou "forçado", comenta-se.

Um derradeiro lance aumentou ainda mais o time dos que olham torto para Jacqueline. Ela desmarcou as férias, previstas para outubro. A "oposição" diz que fez isso para não deixar Tiago Scheuer assumir a meteorologia no seu lugar. Seus defensores dizem que foi a pedido da chefia.

Os chefes, aliás, adoram o jeito proativo de Jacqueline. Quem não gosta disso são os profissionais que, direta ou indiretamente, podem vir a disputar uma promoção com ela.

Tiago Scheuer, por exemplo, que era um de seus melhores amigos na Globo, hoje no máximo lhe diz bom dia. Sentiu-se "atropelado" pelo "trator" Jacqueline. Eliana Marques, que faz o tempo no SP1 e no Jornal Hoje, também não é mais a amiga de outrora. Glória Vanique, dizem os colegas, não a suporta.

Amigos de Jacqueline confirmam que a jornalista é workahorlic e proativa, mas sempre agiu corretamente, nunca "atropelou" ninguém nem usou de métodos antiéticos. Afirmam que tudo o que ela conquistou foi com muito esforço e trabalho.

"Jacqueline é uma excelente profissional, muito acima da média, tem brilho próprio e isso causa ciumeira. Se ela ofusca outros talentos, é porque é iluminada por suas virtudes e porque tem muita empatia com os telespectadores, que a adoram", defende um deles, que pediu para não ser identificado.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O que você espera de O Sétimo Guardião?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook