Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Maratona

Carros turbinados de Velozes e Furiosos disputam rachas na TNT

Fotos Divulgação

Michelle Rodriguez e Vin Diesel em cena de Velozes e Furiosos 4 (2009); filme será exibido pela TNT - Fotos Divulgação

Michelle Rodriguez e Vin Diesel em cena de Velozes e Furiosos 4 (2009); filme será exibido pela TNT

REDAÇÃO

Publicado em 13/3/2015 - 13h52
Atualizado em 16/3/2015 - 4h50

O canal pago TNT exibe desta segunda-feira (16) até sexta (20) o especial Mais Velozes e Mais Furiosos, que reúne os quatro primeiros dos seis filmes da franquia de ação: Velozes e Furiosos (2001), Mais Velozes e Mais Furiosos (2003), Velozes e Furiosos: Desafio em Tóquio (2006) e Velozes e Furiosos 4 (2009). Ficaram de fora apenas Velozes e Furiosos 5: Operação Rio (2011) e Velozes e Furiosos 6 (2013). Velozes e Furiosos 7 tem previsão de estreia nos cinemas para abril.

O glamour do submundo dos rachas, com seus carros turbinados, pilotos ousados e fãs enlouquecidas, ganhou uma nova dimensão com a série de filmes. Algumas das razões para o sucesso dessa fórmula estão no modo como esse universo é retratado e na maneira como se desenvolve a história dos dois protagonistas, o corredor ilegal interpretado por Vin Diesel e o policial disfarçado vivido por Paul Walker.

Livremente inspirado em uma reportagem sobre rachas promovidos por casas noturnas em Nova York, Velozes e Furiosos (2001) apresenta os personagens principais e estabelece a ligação entre eles ao longo dos outros filmes.

O policial disfarçado Brian O'Conner (Paul Walker) se infiltra no mundo dos rachas de Los Angeles para prender o responsável por roubos a caminhões nas estradas próximas à cidade. O principal suspeito é Dominic Toretto (Vin Diesel), astro das corridas ilegais e líder de uma gangue que inclui sua namorada, Letty (Michelle Rodriguez).

O'Conner, porém, acaba se apaixonando por Mia (a brasileira Jordana Brewster), irmã de Toretto, e em vez de fazer o flagrante e a prisão ajuda-o a se livrar de uma armadilha montada por caminhoneiros vítimas de roubos.

Em Mais Velozes e Mais Furiosos (2003) e Velozes e Furiosos: Desafio em Tóquio (2006), ocorre uma espécie de revezamento entre os personagens de Walker e Vin Diesel. O segundo filme da franquia traz O'Conner envolvido em uma trama que o coloca novamente no papel de agente disfarçado. O seu alvo é a máfia de Miami.

No terceiro segmento, um novo personagem se torna protagonista da história, que se passa em Tóquio, onde os rachas têm características peculiares _o drifting, por exemplo, que consiste em correr derrapando. Para fugir da prisão, Sean (Lukas Black) vai para o Japão e se envolve com as corridas ilegais, onde acaba sendo desafiado por outro piloto americano, Dominic Toretto.

Em Velozes e Furiosos 4 (2009), o fio condutor original é retomado, com a reunião da maior parte dos personagens principais. Além de O'Conner e Toretto, voltam à cena também Mia e Letty. Eles se reúnem novamente em Los Angeles, onde o corredor reencontra o policial em meio a uma investigação sobre um poderoso traficante.

Vin Diesel e Paul Walker em cena de Velozes e Furiosos 4 (2009)

Bilheteria mundial

Entre 2001 e 2013, os seis títulos da franquia renderam mais de US$  2 bilhões de dólares nas bilheterias do mundo inteiro. Velozes e Furiosos 6 é o mais popular até o momento, com mais de US$ 750 milhões arrecadados.

Por uma trágica ironia, Paul Walker morreu em um acidente de carro, em 2013, após sair de um evento de caridade em Los Angeles, nos EUA. Sua participação em Velozes e Furiosos 7, ainda inédito, foi preservada.

Executivos da Universal, estúdio responsável pelo projeto, anunciaram que há mais três segmentos em planejamento.


ESPECIAL MAIS VELOZES E MAIS FURIOSOS (TNT)

Velozes e Furiosos (2001): 16/3 e 17/3, sempre às 20h35

Mais Velozes e Mais Furiosos (2003): 18/3, às 20h35

Velozes e Furiosos: Desafio em Tóquio (2006): 19/3, às 20h40

Velozes e Furiosos 4 (2009): 20/3, às 20h40


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.