PEDIRAM IMPEACHMENT

Brasileiros dominam live de Alanis Morissette para protestar: 'Fora, Bolsonaro'

DON ARNOLD/DIVULGAÇÃO

Imagem de Alanis Morissette com um casaco vermelho em cima do palco

Alanis Morissette prometeu se juntar ao elenco do musical Jagged Little Pill na live desta terça (19)

REDAÇÃO - Publicado em 19/05/2020, às 21h49

Os brasileiros dominaram a live realizada pelo elenco do musical Jagged Little Pill, da Broadway, na noite desta terça-feira (19). Empolgados com a participação confirmada da cantora Alanis Morissette, que inspirou o espetáculo com suas canções, os fãs transformaram a apresentação online em um protesto contra o presidente Jair Bolsonaro. 

"Fora, Bolsonaro" foi publicado inúmeras vezes no chat da apresentação ao vivo, desde o início das performances. A atriz Elizabeth Stanley, que interpreta M.J. Healy no musical, conduziu a live, mas não deu atenção aos protestos dos brasileiros.

Nos comentários, muitas reclamações a respeito de Jair Bolsonaro, escritas em português e em inglês para que os fãs de Alanis de outros países pudessem entender do que estavam falando. Entre os pontos negativos, houve quem reclamasse da alta do dólar, da pandemia do novo coronavírus e até pedisse o impeachment do presidente do Brasil.

A atriz Elizabeth Stanley comandou a live de Jagged Little Pill, invadida por fãs brasileiros

Além de protestar contra Bolsonaro, altamente criticado pela imprensa internacional por suas opiniões controversas e comportamentos questionáveis em plena pandemia, os fãs brasileiros também prometeram acionar o Procon.

Tudo porque muitos entraram na live para ver a performance de Alanis Morissette ao vivo, mas a canadense só foi dar as caras 40 minutos após o início da apresentação. Os mais desavisados começaram a reclamar dos atores-cantores e escreveram, em português, que iriam buscar seus direitos por se sentirem enganados e não terem a presença da cantora famosa.

Acompanhe a apresentação ao vivo do elenco de Jagged Little Pill:

Tudo sobre

Jair Bolsonaro Lives

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual novela a Globo deve reprisar depois de Novo Mundo?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook