INTERATIVIDADE

Band grava especial de Natal em agosto e confunde público; saiba o motivo

REPRODUÇÃO/BAND

Os apresentadores Silvia Poppovic e Luís Ernesto Lacombe no Aqui na Band da semana de Natal

Silvia Poppovic e Luís Ernesto Lacombe no Aqui na Band da semana de Natal: interatividade confundiu

VINÍCIUS ANDRADE - Publicado em 27/12/2019, às 11h24

O Aqui na Band tem colunistas que respondem perguntas enviadas via redes sociais e WhatsApp de acordo com a pauta do momento. O problema é que os especiais de Natal foram gravados com bastante antecedência, em agosto, e alguns perfis que interagiram com o matinal meses atrás não estão mais disponíveis, o que confundiu o público.

A edição de 25 de dezembro falou sobre ressaca no quadro E Agora, Doutor?, com o médico Fernando Gomes. Um usuário identificado como @oleandro_sgonzaga enviou uma questão. Perguntou se "o trabalhador pode usar um diagnóstico de ressaca como atestado válido". Mas o perfil foi apagado da rede social.

Uma outra questão foi enviada pelo @cleudofilho, mas a pergunta que apareceu na tela não está na lista de tuítes do telespectador.

A hipótese de uma falsa interatividade foi levantada pelo usuário @theMrBev. "Tô só o Aqui na Band inventando interatividade para o programa gravado da manhã de Natal", escreveu no post, colocando os prints que tirou do Aqui na Band e os perfis que não foram encontrados. Veja abaixo:

O Notícias da TV procurou a Band, que explicou que o programa foi gravado em agosto e que, por isso, não pode ter controle sobre o que é apagado da conta dos telespectadores.

A emissora ainda afirma que as pautas são colocadas em grupos de WhatsApp e Facebook, além das páginas do Aqui na Band no Instagram e no Twitter, e que há um grande número de participações. Leia a nota, na íntegra, abaixo:

"A produção do Aqui na Band informa que o programa foi gravado em agosto e houve, sim, a interação à época, porém, por se tratar de um perfil pessoal, eles não têm controle do que é apagado da página do telespectador. Muitas vezes, a produção anuncia em um grupo de pessoas que costumam participar da atração sobre determinado assunto que será tratado e recebe as perguntas com antecedência", informa a emissora.

"No caso do perfil excluído, a produção foi atrás e até achou o contato do rapaz. Ele confirmou que fez a pergunta na época e que desativou o perfil dele por motivos pessoais", justifica a Band.

"Mas não tem participação fake. Todas as interações são reais porque eles falam o assunto que vão abordar em grupos e pedem para as pessoas mandarem perguntas", defende.

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook