Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

BRIGA NO FUTEBOL

Ataque à Globo e audiência fácil: Por que a Record comprou Paulistão até 2025

DIVULGAÇÃO/CORINTHIANS

Giuliano, meia do Corinthains, com uma camisa preta e branca do clube paulistano em um jogo contra o Santos no Campeonato Brasileiro

Giuliano, do Corinthians; Record comprou Campeonato Paulista com exclusividade até 2025

GABRIEL VAQUER, colunista

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 25/9/2021 - 7h00

A vitória da Record na concorrência pelos direitos de transmissão do Campeonato Paulista em um contrato válido até 2025 não é tão surpreendente assim. Após avaliar bem a experiência no Carioca 2021, a emissora de Edir Macedo decidiu ir com tudo para adquirir o Estadual mais importante do país visando reforçar sua programação no início do ano, ao mesmo tempo em que dá um duro golpe nas concorrentes Globo e SBT.

Segundo apurou o Notícias da TV, a Record ofereceu entre R$ 40 milhões e R$ 50 milhões por ano de contrato --uma projeção de até R$ 200 milhões pelas quatro edições do torneio. A proposta da Record foi considerada melhor, e os clubes aceitaram. A negociação foi feita pela Livemode, empresa que pertence a Edgar Diniz, ex-dono do Esporte Interativo.

O principal motivo da compra foi financeiro. A emissora percebeu, pelo movimento de Globo e SBT, que suas rivais estavam ganhando muito dinheiro com torneios esportivos. A Globo tem nas transmissões da modalidade o seu pacote comercial mais valioso.

Já o SBT fechou todas as suas cotas da Libertadores para este ano e já tem quatro patrocinadores na Uefa Champions League. A Record também quer morder um pouco deste bolo e tentar aumentar seu faturamento em um período não tão positivo --entre janeiro e abril.

O segundo motivo também tem a ver com os quatro primeiros meses do ano. A Record quer usar o Paulistão para turbinar o seu horário nobre em uma época que, nos últimos anos, ela não registrou bons índices. Os 16 jogos exclusivos do pacote serão utilizados nesta faixa, independentemente do dia em que forem ao ar.

Record tira espaço de Globo e SBT

O terceiro ponto é o sucesso do SBT. Hoje, Silvio Santos vê no futebol os seus maiores números em todo o Brasil. É a única atração também que vence com folga a Record. Com a semifinal da Libertadores entre Palmeiras x Atlético Mineiro na última terça (21), o SBT superou a Record por 15 a 9. Ou seja, com a vitória, a Record tira munição na briga pelo segundo lugar de audiência.

Mas o último e mais importante aspecto é o desfalque na Globo, com quem a Record mantém uma relação nada amistosa. Sem o Paulistão, a líder de audiência perde força no futebol nos primeiros meses do ano. Tira também partidas com poder de alcançar grandes números.

A final do Paulistão ainda é o recorde da Globo com futebol na Grande São Paulo em 2021 --São Paulo x Palmeiras marcou 30 pontos na ocasião. A emissora terá apenas a Copa do Brasil como um evento capaz de ter números neste patamar em mata-mata. A Record espera ter índices acima dos 20 pontos em fases decisivas, como a semifinal e a final.

A Record sempre colocou como meta disputar estaduais este ano. Em junho, o Notícias da TV havia antecipado a informação. Além do Paulista, a emissora está na briga pelo Mineiro e pelo Gaúcho, também contra Globo e SBT.


Leia também

Enquete

Você gostou da escolha de Tadeu Schmidt para o BBB22?

Web Stories

+
Além de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na políticaApós derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreramEsqueceram de Mim ganha novo filme no Disney+; veja como está o elenco originalTadeu Schmidt no BBB22: Conheça a carreira do apresentador na Globo

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas