Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Crise

Após briga, SBT dá férias sabáticas para diretor de Celso Portiolli

Reprodução/SBT

Roberto Manzoni em entrevista a Danilo Gentili exibida em janeiro do ano passado - Reprodução/SBT

Roberto Manzoni em entrevista a Danilo Gentili exibida em janeiro do ano passado

GABRIEL SOUZA

Publicado em 26/4/2016 - 18h44

O apresentador Celso Portiolli e o diretor de programas de TV Roberto Manzoni, o Magrão, se desentenderam nos bastidores do SBT. A briga aconteceu depois que Portiolli desabafou nas redes sociais sobre a falta de novos conteúdos no Domingo Legal e no Sabadão, que ele apresenta e que Manzoni dirigiu até o último final de semana. Na tarde desta terça (26), o SBT divulgou nota informando o afastamento de Manzoni, que terá férias sabáticas. Rafael Perantunes, atual diretor do Domingo Show, da Record, é o nome mais cotado para assumir o comando dos programas de Portiolli, que passam por fase ruim no Ibope.

À frente do Domingo Legal desde 2009, Manzoni era criticado por viver em uma zona de conforto e não correr atrás de novos conteúdos quando o programa estava com bom ibope. O Domingo Legal, que já foi dirigido por Manzoni nos tempos de Gugu Liberato, tem se alternado entre os manjados quadros Passa ou Repassa e Construindo um Sonho. O Passa ou Repassa existe há quase 30 anos.

Celso Portiolli e Roberto Manzoni em 2009

No Sabadão, no ar desde setembro do ano passado, Manzoni repetia o mesmo roteiro toda semana: musicais, convidado no palco e o batido Se Virar Tem que Beijar _versão mais elaborada do Vai Dar Namoro, quadro que transformou Rodrigo Faro em sucesso na Record oito anos atrás.

No Ibope, o Domingo Legal só conseguiu vencer a Record no último dia 17, quando a emissora transmitiu a votação do impeachment de Dilma Rousseff. Sem considerar essa data, as derrotas são consecutivas desde 6 de setembro, quando o dominical perdeu duas horas para o Mundo Disney. Já o Sabadão perde para Marcos Mion e Sabrina Sato desde 20 de fevereiro. No último sábado, chegou a ser ultrapassado em alguns momentos pelo Top Cine, da Band.

Há duas semanas, Portiolli manifestou no Twitter sua insatisfação. "Na verdade eu tento mudar aquilo todo dia, mas não consigo. Então fica como está. Quero parar daqui 18 meses. Pra mim tá bom. #prontofalei", ameaçou.

O comunicado do SBT diz que Roberto Manzoni está apenas se afastando por um período sabático e que continuará colaborando com a emissora. Procurado, Celso Portiolli negou ter brigado com o diretor.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.