Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Anote

Segunda temporada de Handmaid's Tale ganha data de estreia no Brasil

Divulgação/Hulu

Elisabeth Moss (Offred) em cena da segunda temporada da premiada The Handmaid's Tale - Divulgação/Hulu

Elisabeth Moss (Offred) em cena da segunda temporada da premiada The Handmaid's Tale

REDAÇÃO

Publicado em 1/8/2018 - 11h45

O canal Paramount Channel anunciou a data de estreia da segunda temporada de Handmaid's Tale no Brasil: 2 de setembro. A série, atual vencedora do Emmy de melhor drama, chega com uma janela menor em comparação ao primeiro ano, com um intervalo de pouco mais de quatro meses. A primeira leva de episódios começou a ser exibida para os brasileiros quase um ano após a estreia nos Estados Unidos.

A segunda temporada vai entrar no ar no Paramount cinco meses depois da exibição da primeira. The Handmaid's Tale é uma das atrações da TV americana mais badaladas da atualidade. Atração da plataforma Hulu, foi a primeira série de uma plataforma de streaming a vencer um Emmy de melhor drama, uma conquista tão desejada e ainda não alcançada pelas rivais Netflix e Amazon.

Para a premiação deste ano, a ser realizada em 17 de setembro, Handmaid's recebeu 20 indicações. Está na briga de novo por melhor drama e grande parte do elenco concorre nas categorias de atuação, incluindo a protagonista Elisabeth Moss, vencedora no ano passado. Somente na disputa entre atrizes coadjuvantes, Handmaid’s emplacou três indicadas.

Toda essa fama da série será usada pela Globo na reformulação da plataforma Globoplay. Handmaid's é um dos destaques da versão repaginada do serviço de streaming, que ainda contará com The Good Doctor e The Big Bang Theory.

Baseado no livro Conto de Aia (1985), de Margaret Atwood, Handmaid's conta a história de um Estados Unidos sob uma ditadura fundamentalista cristã, na qual as mulheres férteis servem apenas para procriar. Elas são escravizadas por famílias ricas, que as usam para ter filhos.

O que vem por aí
Grávida, Offred/June (Elisabeth Moss) planeja fugir da República de Gileade, como é chamado o regime teocrático que toma conta dos Estados Unidos. Essa estratégia movimenta bem a trama no começo da segunda temporada, com muita ação e dramaticidade elevada.

Os novos episódios também mostrarão a Colônia, espaço no qual as mulheres inférteis e de classe baixa moram. A história por lá é contada sob o ponto de vista de Emily (Alexis Bledel), que teve o clitóris mutilado na primeira temporada. O lugar em que pessoas como ela estão é contaminado por resíduos radioativos. Até cavalos usam máscaras, mas as mulheres não.

O destaque da segunda temporada vai para a atriz Yvonne Strahovski. Intérprete da mordaz Serena Joy, senhora de Offred, ela brilha com atuações comoventes e impactantes, que lhe renderam uma indicação, merecida, ao Emmy.

Os novos capítulos abrem espaço para a atriz revelação do ano na TV americana. A atriz Sydney Sweeney, de 20 anos, vive a adolescente Eden, menina prometida a Nick Blaine (Max Minghella). Ela apareceu ao grande público na comédia Everything Sucks!, da Netflix. Sydney também atuou em Sharp Objects, da HBO.

Prêmio NTV Melhores do ano

Leia também

Enquete

Qual foi o melhor telejornal ou programa jornalístico do ano?

Web Stories

+
Ficção virou realidade: Casa de Esqueceram de Mim é aberta ao público; veja fotosDivórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabemJuan Paiva rouba a cena em Um Lugar ao Sol; conheça a história do atorGui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembreDe série na Netflix a aposentadoria: Por onde anda o elenco de O Cravo e a Rosa?

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas