Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

American Crime Story

Promessa do ano, série aposta em crime que rachou os EUA na década de 1990

Reprodução/FX

O ator Cuba Gooding Jr. em cena do primeiro episódio da série American Crime Story - Reprodução/FX

O ator Cuba Gooding Jr. em cena do primeiro episódio da série American Crime Story

JOÃO DA PAZ

Publicado em 4/2/2016 - 5h58

Famoso ex-jogador de futebol americano e negro, OJ Simpson protagonizou o julgamento mais rumoroso que se tem notícia na história dos Estados Unidos. Em 1994, ele foi acusado de matar a ex-mulher, com quem teve dois filhos, e um garçom. O crime teve cobertura exaustiva da imprensa dos Estados Unidos. A maior potência do planeta rachou em um debate que envolvia sangue e preconceito racial, já que as vítimas eram brancas. Parte do país estava a favor de Simpson, não aceitava que um ídolo do esporte seria capaz de cometer tamanha barbaridade. Outra parte não tinha dúvida de que ele era um criminoso.

Esse é o ambiente explosivo da primeira temporada de American Crime Story: O Povo contra O.J. Simpson, série de dez episódios que estreia nesta quinta (4), às 22h30, no canal FX, dois dias após ir ao ar nos EUA. A produção é uma das grandes apostas da TV norte-americana neste ano.

American Crime Story se propõe a contar a história dos personagens que protagonizaram o julgamento, que se tornaram tão celebridades quanto Simpson, absolvido no final.

reprodução/fx

Na pele da promotora Marcia Clark, a atriz Sarah Paulson é um dos destaques da série

Elenco de peso

Com figuras tão interessantes, American Crime Story investiu forte no elenco. Com um Oscar de ator coadjuvante por Jerry Maguire - A Grande Virada (1996), Cuba Gooding Jr. intrepreta OJ Simpson. Também astro do cinema, John Travolta faz o advogado Robert Shapiro, responsável pela defesa do ex-jogador. Ryan Murphy, um dos produtores da atração, levou três meses para convencer Travolta a voltar a atuar na TV _a última aparição foi em 1979, na série Welcome Back, Kotter (1975-1979).

Ao lado do advogado Shapiro está Robert Kardashian (David Schwimmer, o Ross de Friends), amigo de longa data de Simpson. Ele é ex-marido da socialite Kris Jenner (Selma Blair), a matriarca da família Kardashian, estrela de um reality show.

Do lado da acusação está a promotora Marcia Clark (Sarah Paulson). Ela assume as dores de Nicole Brown, a ex-mulher de Simpson, e faz de tudo para punir o ex-jogador. Por não ter contato algum com o esporte, Marcia não demonstra empatia por Simpson, diferentemente de seus colegas de trabalho. Para encarnar a personagem, a atriz foi atrás do mesmo perfume que Marcia usava na época. Achou o produto em um site.

divulgação/NFL

OJ Simpson imortalizou a camisa 32 do Buffalo Bills, time em que fez história na NFL

OJ Simpson, o jogador

OJ Simpson é considerado uma lenda do futebol americano. Sua posição no jogo foi a de running back, atleta que tem a função de correr com a bola dentro de campo enquanto é perseguido com violência pelos adversários.

Simpson já fazia sucesso na faculdde. Em 1968, ganhou o Heisman Trophy e foi considerado o melhor jogador de futebol americano universitário. No ano seguinte, foi o primeiro jogador no Draft, sistema pelo qual times da NFL escolhem universitários para a liga profissional. No Buffalo Bills, Simpson jogou durante nove anos. Em 1973, foi eleito o melhor jogador da liga. Encerrou a carreira no San Francisco 49ers, em 1979. Seis anos depois, entrou para o Hall da Fama do futebol americano profissional.

Hoje, Simpson está preso, mas por outros crimes. Desde 2008, cumpre pena de 33 anos na detenção de Lovelock, Estado de Nevada, por assalto à mão armada e sequestro.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou dos participantes do BBB21?