VOLTA DOMINGO

Na nova temporada de Walking Dead, Daryl se rebela e se vinga do vilão Negan

Fotos: Divulgação/AMC

Norman Reedus interpreta Daryl em The Walking Dead: novo ano terá virada do personagem - Fotos: Divulgação/AMC

Norman Reedus interpreta Daryl em The Walking Dead: novo ano terá virada do personagem

LUCIANO GUARALDO, de Nova York - Publicado em 19/10/2017, às 06h13

A sétima temporada de The Walking Dead deixou a desejar, com episódios que fizeram a trama avançar pouco e por mostrar Rick (Andrew Lincoln) e Daryl (Norman Reedus) como personagens fracos, facilmente domados pelo vilão Negan (Jeffrey Dean Morgan). Mas o oitavo ano vai consertar essas falhas e encher a série de ação. Reedus está empolgado para mostrar, finalmente, a vingança de seu personagem.

"Não vejo a hora de chutar o traseiro daquele cara [Negan]", disse o ator durante a New York Comic Con, evento geek que reúne novidades da TV, do cinema e da cultura pop. "A temporada vai ser toda sobre o confronto entre dois grupos [o de Rick contra o de Negan]. Eles vão lutar com tudo. E Daryl vai ser capaz de qualquer coisa, até será meio traiçoeiro, porque deseja se vingar", revela.

Reedus não é o único pronto para deixar a inércia para trás. Andrew Lincoln também quer mostrar que seu personagem merece o posto de líder do grupo. "O sétimo ano foi uma bosta para Rick Grimes. No oitavo, ele vai recuperar o embalo que perdeu. Nós estamos reunindo o grupo que tinha se espalhado. Lembra muito as quatro primeiras temporadas", promete.

O problema para Rick é que, na tentativa de formar uma aliança forte contra Negan, acabou abrindo as portas para pessoas que não sabe se pode confiar. É o caso de Dwight (Austin Amelio), ex-braço direito de Negan nos Salvadores, que já se mostrou um vira-casaca ao trair o próprio líder.

"Eu sei que o chamam de dupla-face. Eu gosto disso, acho simbólico", define Amelio. "Mas, se eu fosse o Rick, respeitaria a audácia do Dwight. Ele toma decisões bastante corajosas, precisa ter colhões de verdade para fazer o que ele fez. Então, no mínimo, eu daria uma chance a ele", defende o ator.

Dwight (Austin Amelio) e Jesus (Tom Payne) são novidades no grupo de Rick na temporada

Outro novato no grupo de Rick, Jesus (Tom Payne) também levanta desconfianças _no trailer da oitava temporada, o embaixador de Hilltop aparece em uma luta na floresta com Morgan (Lennie James).

"É legal ver os dois nessa espécie de dança. E eu treinei muito na academia e estou feliz de poder mostrar um pouco do que aprendi nas cenas de combate", adianta Payne.

Apesar do conflito com Morgan, o ator acredita que Jesus é alguém em que os heróis podem confiar. "Acho que tudo o que ele viveu com Maggie (Lauren Cohan), Sasha (Sonequa Martin-Green) e Enid (Katelyn Nacon) no Hilltop o ajudou bastante, eles acabaram criando uma atmosfera quase familiar", diz.

Os fãs da série também estão na torcida para que o morador de Hilltop realmente seja do bem. Inclusive, há quem defenda que o personagem (gay assumido) tenha um envolvimento com Daryl (de orientação sexual ambígua).

Ao ser questionado sobre isso, Reedus dá risada: "Eu nunca digo nunca, mas acho que não. Já tem tantas pessoas na série com quem os fãs querem que eu fique. Acabaria sendo uma grande orgia. Mas é o apocalipse, né? Pode acontecer", brinca.

A oitava temporada de The Walking Dead estreia domingo (22), às 23h30, na Fox, com a exibição do centésimo episódio.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu casal favorito no Power Couple?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook