Vergonha, vergonha

Mulheres são ignoradas no comando de Game of Thrones pelo 3º ano seguido

Divulgação/HBO

Maisie Williams, com Faye Marsay ao fundo, em cena da 6ª temporada de Game of Thrones - Divulgação/HBO

Maisie Williams, com Faye Marsay ao fundo, em cena da 6ª temporada de Game of Thrones

JOÃO DA PAZ - Publicado em 01/07/2016, às 05h05

Game of Thrones foi festejada neste ano por empoderar suas personagens femininas, mas não faz o mesmo nos bastidores. Assim como nas duas últimas temporadas, a próxima leva de episódios da série da HBO não terá mulheres no comando. Todos os episódios do sétimo ano serão dirigidos por quatro homens. 

A ausência de mulheres na direção coloca Game of Thrones em uma contradição. É possível afirmar que, após o final da sexta temporada, quatro dos cinco personagens principais da trama são mulheres: Daenerys Targaryen (Emilia Clarke), Cersei Lannister (Lena Headey), Sansa (Sophie Turner) e Arya Stark (Maisie Williams). Cada uma delas tem papel crucial na história, que caminha para o fim.

Nos bastidores de Game of Thrones, o protagonismo feminino é irrisório. Entre os 60 episódios exibidos até o último domingo, só quatro foram dirigidos por uma mulher (7%): Michelle MacLaren, considerada uma lenda da TV, com trabalhos em Breaking Bad (2008-2013), Arquivo X e The Walking Dead.

Ao contrário da indústria cinematográfica hollywoodiana, as produções da TV norte-americana têm trabalhado com mais diretoras. Um estudo feito pelo DGA, o sindicato dos diretores dos Estados Unidos, analisou 4.100 episódios de séries na temporada 2015-2016 e indicou que 17,1% deles tiveram mulheres na direção.

Já no cinema, mulheres dirigiram apenas 23 dos 250 filmes (9%) mais vistos no ano passado, de acordo com levantamento do Center for the Study of Women in Television and Film.

Outra série popular da HBO com uma protagonista, a comédia Veep, atual vencedora do Emmy, teve dois episódios dirigidos por uma mulher na quinta temporada (20% do total). Dos 16 episódios de The Walking Dead da sexta temporada, dois foram dirigidos por mulheres (13%). Já a recém lançada quarta temporada de Orange is the New Black teve três episódios (23%) com mulheres no comando.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu programa favorito gravado na quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook