Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Finais trágicos

Morte na calçada e câncer; saiba que fim levou elenco de I Love Lucy

Divulgação/CBS

Vivian Vance, William Frawley, Desi Arnaz e Lucille Ball, coadjuvantes e protagonistas de I Love Lucy - Divulgação/CBS

Vivian Vance, William Frawley, Desi Arnaz e Lucille Ball, coadjuvantes e protagonistas de I Love Lucy

JOÃO DA PAZ

Publicado em 16/6/2015 - 17h34
Atualizado em 21/6/2015 - 19h38

Desde a última segunda-feira (15), o SBT exibe a comédia I Love Lucy (1951-1960), produção tão antiga que todo o elenco já morreu. A série que revolucionou o gênero sitcom (comédia de situação) teve mortes trágicas. Fumante, um dos atores morreu de câncer na garganta. Outro sofreu um ataque no coração fulminante enquanto caminhava pela calçada em Los Angeles. Saiba que fim levou o elenco de I Love Lucy:

A atriz Lucille Ball em cena da I Love Lucy; ela era a protagonista da série

Lucille Ball
Nascimento: 6 de agosto de 1911 em Jamestown, Nova York
Morte: 26 de abril de 1989 em Beverly Hills, Califórnia

Uma das atrizes mais importantes da história da TV norte-americana, Lucille Ball é diretamente reconhecida pela Lucy de I Love Lucy, que lhe rendeu dois prêmios Emmy, em 1953 e 1956. A última aparição pública de Lucille foi justamente em uma cerimônia do Oscar da TV, em 1989, quando foi homenageada. Ela morreu naquele ano, aos 77 anos, de aneurisma.

Em I Love Lucy, a atriz interpretava uma dona de casa de Nova York aspirante a celebridade. Era casada com um cantor de boate, Ricky (Desi Arnaz). Arnaz e Lucille formaram um casal também na vida real e tiveram dois filhos.

Lucille foi a primeira mulher a administrar um estúdio em Hollywood, chamado de Desilu Productions, que funcionou entre 1951 e 1967, ponto de partida da franquia Jornada nas Estrelas. 

Desi Arnaz coloca café em uma xícara na comédia; ator fugiu de Cuba com os pais 

Desi Arnaz
Nascimento: 2 de março de 1917 em Santiago, Cuba
Morte: 2 de dezembro de 1986 em Del Mar, Califórnia

Cubano, Desi Arnaz se mudou para os Estados Unidos ainda adolescente, com 17 anos. A ida dele para a América, porém, não foi agradável. Em 1934, seus pais fugiram do ditador Fulgêncio Batista, derrotado pela Revolução Cubana de 1959. Família rica na ilha, dona de ranchos e mansões, os Arnaz chegaram a Miami, Flórida, sem dinheiro algum.

Arnaz encontrou na música e no entretenimento uma forma de sustento. O canto e a performance no palco lhe colocaram no elenco da série I Love Lucy, na qual o cubano interpretava uma versão fictícia dele mesmo. Após a série, ele viveu uma vida tranquila e virou professor de arte cênica na Universidade de San Diego. Fumante inveterado, Arnaz contraiu um câncer na garganta e morreu aos 69 anos.  

A atriz Vivian Vance, de preto, ao lado da amiga Lucille Ball em I Love Lucy

Vivian Vance
Nascimento: 26 de julho em Cherryvale, Kansas
Morte: 17 de agosto em Belvedere, Califórnia

Uma garota do interior dos Estados Unidos, Vivian Jones teve de escapar do fundamentalismo religioso da mãe para arriscar uma carreira no teatro. Sem apoio da família, ela mudou de cidade assim que atingiu a idade adulta e alterou o nome, passando a ser chamada da Vivian Vance.

Ela foi estrela da Broadway no começo dos anos 1930. Durante duas décadas, atuou em grandes peças de teatro em Nova York. Após se mudar para Los Angeles, ela fez um teste para I Love Lucy e passou, escalada para ser Ethel Mertz, a amiga de Lucy. Vivian foi a primeira a vencer a categoria melhor atriz coadjuvante no Emmy, em 1953. Sofreu um derrame cerebral em 1977, que a deixou paralisada. Em 1979, um câncer nos ossos a levou a morte, aos 70 anos.

O experiente ator William Frawley em I Love Lucy; foi indicado a cinco Emmys pela comédia

William Frawley
Nascimento: 26 de fevereiro de 1887 em Burlington, Iowa 
Morte: 3 de março de 1966 em Los Angeles, Califórnia

Mais experiente da turma, William Frawley entrou no elenco de I Love Lucy com mais de cem filmes no currículo. Ele interpretava o dono de imóveis Fred Mertz, casado com Ethel (Vivian Vance). Os dois atores não se davam bem nos bastidores. Por um lado, Vivian se dizia insatisfeita em ser mulher, em cena, de um homem 22 anos mais velho do que ela. Enquanto Frawley, ao saber dessa reclamação, mantinha rancor contra a colega de trabalho e nunca a perdoou por isso.

Apesar de tudo, Frawley se destacava nas atuações em I Love Lucy. Foi indicado cinco vezes seguidas, de 1953 a 1957, ao Emmy de ator coadjuvante, mas nunca venceu. O poder que ele tinha lhe deu uma cláusula curiosa no contrato com a CBS. Fã ávido do time de beisebol New York Yankees, Frawley não trabalhava quando o clube jogava a World Series, grande final da liga profissional do esporte nos Estados Unidos. Ele não apareceu em dois episódios por conta disso. O ator morreu ao sofrer um ataque no coração, andando em uma calçada em Los Angeles, aos 79 anos.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

TUDO SOBRE

Humor

SBT

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?