Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

No Soup For You!

Maior comédia da história, Seinfeld volta sem dublagem ao horário nobre

Reprodução/NBC

O comediante Jerry Seinfeld na série Seinfeld; volta à TV paga é com áudio original e legendas - Reprodução/NBC

O comediante Jerry Seinfeld na série Seinfeld; volta à TV paga é com áudio original e legendas

JOÃO DA PAZ

Publicado em 2/6/2017 - 5h01
Atualizado em 2/6/2017 - 5h21

Após cinco anos, o Canal Sony voltará a exibir Seinfeld (1989-1998) no horário nobre, com áudio original e legendas em português, sem a opção de dublagem. Todas as sextas, a partir do próximo dia 9, às 21h, serão exibidos quatro episódios daquela que é considerada a maior comédia da TV de todos os tempos. Seinfeld será um dos poucos programas não dublados na faixa das 20h às 23h da TV paga.

O Sony chegou a trabalhar em um projeto de dublagem, mas a ideia não vingou. Atores como Eri Johnson e Danielle Winits foram sondados para atuarem como dubladores, como o Notícias TV da antecipou em setembro do ano passado. Porém, o público torceu o nariz para a iniciativa, que poderia estragar as piadas em inglês.

Ter a opção da versão dublada de séries é importante para os canais da TV paga devido ao aumento de assinantes da classe C. Produções da mesma época de Seinfeld, como Friends (1994-2004), na Warner, são exibidas atualmente com dublagem.

Rentável
Comédia sobre uma amizade entre quatro nova-iorquinos de classe média, estrelada por Jerry Seinfeld, Julia Louis-Dreyfus, Jason Alexander e Michael Richards, Seinfeld é ainda hoje um fenômeno de audiência e rentabilidade.

De 1998, ano em que a produção foi encerrada, até 2015, a série arrecadou US$ 3,1 bilhões (R$ 10 bilhões) com a venda dos direitos de reprises apenas nos Estados Unidos. Segundo o jornal britânico The Independent, parte desse dinheiro (US$ 400 milhões/R$ 1,3 bilhão) foi para a conta bancária de Jerry Seinfeld, que é um dos criadores da atração, ao lado de Larry David.

divulgação/nbc

Elenco de Seinfeld: Jerry Seinfeld, Julia Louis-Dreyfus, Michael Richards e Jason Alexander

Apesar de já ter sido reprisada centenas de vezes, Seinfeld continua dando ibope. Nos Estados Unidos, tem audiência próxima das reapresentações da contemporânea Modern Family, que ganhou cinco Emmys consecutivos. Em 2014, as reprises de Seinfeld movimentaram US$ 76 milhões (R$ 246 milhões) de publicidade nos EUA.

Exibida pela rede NBC entre 1989 e 1998, Seinfeld foi a série mais vista dos Estados Unidos em duas temporadas e vice-líder em outras duas. O episódio final foi o quinto mais visto da história da TV norte-americano, com 76,3 milhões de telespectadores. Seinfeld também venceu o Emmy de melhor comédia em 1993 e o Globo de Ouro de 1994.

reprodução

A inesquecível dupla Julia Louis-Dreyfus e Jerry Seinfeld no programa online do comediante

Vida que segue
Diferentemente de Alexander e Richards, Jerry Seinfeld e Julia se deram bem após o fim da comédia. A atriz atualmente está na premiada Veep, da HBO, pela qual venceu cinco prêmios Emmy; ela também tem uma estatueta por As Novas Aventuras de Christine e outra por Seinfeld.

Jerry continuou a bem-sucedida carreira de stand-up. Em 2012, ele lançou um programa online no qual entrevista humoristas de renome, de Jim Carrey a Kevin Hart, intitulado Comedians in Cars Getting Coffee (Comediantes em Carros Tomando Café, em tradução livre). Em janeiro deste ano, Jerry Seinfeld assinou um contrato com a Netflix para fazer dois especiais.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?