Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

A Longa Noite

HBO cancela série filhote de Game of Thrones estrelada por Naomi Watts

Divulgação/Showtime

A atriz Naomi Watts em cena da minissérie The Loudest Voice

Naomi Watts na minissérie The Loudest Voice; a atriz indicada ao Oscar estava na série derivada de GoT

REDAÇÃO

Publicado em 29/10/2019 - 16h56

Estrelada por Naomi Watts, a primeira série derivada de Game of Thrones (2011-2019) foi cancelada pela HBO antes mesmo de ir ao ar. Intitulado de The Long Night (A Longa Noite), a atração estava com o primeiro episódio pronto. Segundo os sites Deadline e The Hollywood Reporter, a showrunner Jane Goldman comunicou o fim do projeto ao elenco e integrantes da equipe de produção. A HBO ainda não se posicionou oficialmente.

The Long Night foi a primeira série derivada de Game of Thrones aprovada pela HBO, entre outras cinco ideias concebidas. Essa produção iria narrar eventos que ocorreram na chamada Era dos Heróis, período cerca de 10 mil anos antes dos eventos mostrados no drama, encerrado em maio.

Um dos principais acontecimentos dessa fase foi a chamada Longa Noite, um rigoroso inverno que atravessou gerações e trouxe os White Walkers para Westeros.

A sinopse oficial, toda cifrada, dizia: "A trama retrata a transição da Era dos Heróis ao seu pior momento. E uma coisa é certa: dos segredos terríveis de Westeros à verdadeira origem dos White Walkers, nada é o que achamos conhecer."

De acordo com o Deadline, a produção do piloto, gravado na Irlanda do Norte, foi rodeada de problemas. O que não é novidade para nenhuma série, até mesmo Game of Thrones teve o primeiro episódio reprovado --a HBO mandou fazer tudo de novo.

A rejeição não indica o fim do drama na TV. Há a possibilidade de surgir uma série baseada na família Targaryen, a da Daenerys (Emilia Clarke), a mãe dos dragões. Essa atração se passaria 300 anos antes da história mostrada na atração mãe.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?