Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Trama confusa

Está perdido em Westworld? Três dicas para acompanhar a série da HBO

Fotos: Divulgação/HBO

Evan Rachel Wood em Westworld; personagem Dolores é uma das mais misteriosas da série - Fotos: Divulgação/HBO

Evan Rachel Wood em Westworld; personagem Dolores é uma das mais misteriosas da série

JOÃO DA PAZ

Publicado em 6/11/2016 - 7h29

Se você fica boiando quando assiste Westworld, não se desespere: você não é o único. A mais recente grande produção da HBO, inspirada no filme homônimo de 1973, traz um parque temático com milhares de robôs encarnando personagens típicos do Velho Oeste. Humanos desembolsam verdadeiras fortunas para se divertirem no lugar, matando caubóis ou estuprando mocinhas. A confusão começa ao tentar distinguir quem é real de quem é de mentira e qual é a função de cada personagem na trama. Entender a trama já são outros oitentas.

O Notícias da TV apresenta três dicas para acompanhar a primeira temporada de Westworld:

William (à esq.), vivido por Jimmi Simpson, pode o Homem de Preto (Ed Harris) quando jovem 

Homem de Preto = William
Aparentemente há duas linhas de tempo, com uma distância de 30 anos entre elas. O quinto episódio, exibido no último domingo (30), mostrou duas cenas que corroboram com essa hipótese. Numa delas, protagonizada pelo Homem de Preto (Ed Harris), o robô interpretado por Clifton Collins Jr. é chamado de Lawrence. Quando eles se encontraram no começo da trama, o pistoleiro ficou feliz ao revê-lo no parque.

No mesmo episódio, Collins também contracenou William (Jimmi Simpson), na pele do personagem El Lazo, chefe de um bando. Isso indica que a história de William acontece no passado e que ele hoje o Homem de Preto.

Na primeira cena de William em Westworld, a câmera focou em um logotipo do parque diferente do apresentado quando o Homem de Preto surgiu pela primeira vez. A mudança de logomarca teria ocorrido logo após o complexo passar por uma reformulação total, no qual cenários importantes foram excluídos, como a igreja e o cemitério.

O misterioso labirinto a que se referem os personagens, principalmente o Homem de Preto, seria um tipo de fase mais complexa a ser resolvida em Westworld, originalmente criada para os robôs (anfitriões) e não para os humanos (convidados). O Homem de Preto fica obcecado pelo desafio e quer completá-lo. William/Homem de Preto teria experimentado todas as histórias do parque, restando apenas essa.

William entrou no parque pela primeira vez escolhendo viver um papel de bonzinho (optou pelo chapéu branco). Algo ocorreu para que ele virasse o bandido sanguinário Homem de Preto. 

Uma das grandes questões de Westworld é saber se Bernard (Jeffrey Wright) é um robô 

Bernard = Arnold
Um nome que deixa o telespectador boiando é Arnold, que nunca aparece. Quem é ele? Um dos criadores do empreendimento, ao lado de Ford (Anthony Hopkins). Eles passaram cinco anos desenvolvendo todos os mecanismos do mundo de Westworld _a especialidade de Arnold era a Inteligência Artificial (IA). Os dois teriam se desentendido, e Arnold implementou nos robôs uma IA próxima da consciência humana. O labirinto seria uma maneira de autodescoberta para os anfitriões. Isso levaria o empreendimento à falência e à destruição.

Dolores (Evan Rachel Wood) foi uma criação de Arnold. Ela seria o modelo exemplar de um robô com consciência humana. Dois anos antes de o parque abrir para o público, Arnold morreu. Ainda não se sabe como, mas há três possibilidades: um robô o matou; ele se suicidou; ele foi assassinado por algum dos investidores que descobriram seu plano macabro.

Bernard Lowe (Jeffrey Wright), também especialista em IA, entrou em Westworld duas décadas após sua inauguração. Existe uma hipótese de que, na verdade, Bernard é um robô criado por Ford com a imagem e semelhança do antigo parceiro, Arnold.

Dolores, interpretada por Evan Rachel Wood, é uma das personagens centrais da série

O prêmio final
A mocinha Dolores é a grande atração do parque, como se fosse o prêmio final para os convidados. Teddy (James Marsden), o caubói que pega a lata que ela derruba na cidade no início de alguns episódios, é seu protetor. Ele seria o mestre a ser derrotado para se chegar a Dolores e, assim, saber como resolver o labirinto.

Se a hipótese de Bernard ser um clone de Arnold for verdadeira, as interações de Dolores com Bernard/Arnold seriam flashbacks, com ele introduzindo uma consciência na donzela.

É interessante notar que quando Bernard/Arnold está conversando com Dolores, ela sempre está vestida, diferentemente do que ocorre quando Ford interage com ela (Dolores está nua). Arnold sempre faz questão de perguntar para Dolores se ela está mencionando a conversa deles para uma outra pessoa, tentativa de manter em sigilo o seu plano de implantação de IA avançada.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Web Stories

+
Dia da Luta contra a LGBTfobia: Félix, Ivan e outros personagens que marcaram a TVLançamentos da semana têm Quem Matou Sara? e documentário de Pink; saiba maisDez anos após o fim de Smallville, veja como está o elenco da sérieDe cuidadora de cachorros a musa sertaneja: Como está Juliette fora do BBB21Salve-se Quem Puder: Última semana da reprise tem chantagem, reencontro perigoso e revelação

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você espera dos capítulos inéditos de Salve-se Quem Puder?