Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

O HÓSPEDE AMERICANO

Equipe gringa de série gravada na Amazônia lamenta situação atual da floresta

DIVULGAÇÃO/TV GLOBO

Os atores estrangeiros Chris Mason e Aidan Quinn lado a lado, Mason sentado e Quinn deitado, em região amazônica, com floresta e rio no plano de fundo

Os atores estrangeiros Chris Mason e Aidan Quinn em gravação no Brasil de O Hóspede Americano

FERNANDA LOPES

fernanda@noticiasdatv.com

Publicado em 28/9/2021 - 6h40

A minissérie O Hóspede Americano, que estreou domingo (26) na HBO, conta a história de uma expedição realizada por americanos e brasileiros no início do século 20, numa região da Amazônia ainda intocada. As gravações ocorreram em 2018, com profissionais do Brasil, dos Estados Unidos e do Reino Unido. De lá para cá, a destruição de parte da floresta, por queimadas e contrabando de madeira, tem chamado a atenção (negativamente) da equipe estrangeira que conheceu este pedaço do Brasil.

O norte-americano Aidan Quinn interpreta Theodore Roosevelt (1858-1919), que foi presidente dos Estados Unidos. Na história, ele se junta ao então general Cândido Rondon (1865-1958), vivido por Chico Díaz, numa viagem de exploração ao último rio não cartografado do Brasil: o Rio da Dúvida. 

Aidan Quinn já havia vindo ao Brasil a trabalho 30 anos atrás: ele participou do filme Brincando nos Campos do Senhor (1991), de Hector Babenco (1946-2016), também gravado na região amazônica. Mas o ator demonstrou decepção ao falar dos problemas atuais que ameaçam a preservação da Amazônia. 

"Ter trabalhado na Amazônia no passado e ver agora o que mudou é muito desencorajante. É muito triste. Mas eu acho que há esperança, tem que haver esperança enquanto você viver. Tem pessoas de direita que estão vendo o que está acontecendo com o aquecimento global, é inegável. Eu acho que a gente precisa de lideranças que tenham decência", alfineta o ator. 

Matthew Chapman, roteirista da minissérie, também não vê com bons olhos a situação ambiental no Brasil, com tantas queimadas nos últimos anos, sob o governo de Jair Bolsonaro. 

"Mesmo sendo um republicano, Roosevelt era um homem que lia um livro por dia, que entendia a teoria da evolução, como a natureza funcionava. Rondon também era culto, tinha uma filosofia clara. É triste ver naquele tempo dois homens marcantes e comparar com os lideres políticos modernos, que não têm esse tipo de profundidade", diz ele. 

"Espero que a razão e a compaixão venham a prevalecer. As coisas estão tão difíceis no momento, é trágico como, tantos anos depois de Darwin vir com a teoria da seleção natural, as pessoas ainda estão discutindo sobre isso. As pessoas ainda estão negando o aquecimento global. Espero que essa série mostre a beleza do que está sendo destruído", complementou o roteirista. 

O Hóspede Americano é uma minissérie de quatro episódios que vai ao ar na HBO todos os domingos, e está disponível também na HBO Max. Confira o trailer da produção:


Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabiaElenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novelaOutubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mamaAlém de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na política

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas