Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Claudia Mauro

Atriz enfrenta frio e medo em 'Lost da Record': 'A gente passou sufoco'

Roger Gobeth/Acervo Pessoal

A atriz Claudia Mauro nos bastidores de Sem Volta em registro do ator Roger Gobeth - Roger Gobeth/Acervo Pessoal

A atriz Claudia Mauro nos bastidores de Sem Volta em registro do ator Roger Gobeth

FERNANDA LOPES

Publicado em 13/1/2017 - 5h47

Após três anos longe da TV aberta, Claudia Mauro está de volta com um trabalho fisicamente desafiador. A atriz de 47 anos integra o elenco de Sem Volta, primeira série de ação da Record, que estreou na semana passada. Na trama, Claudia interpreta uma alpinista experiente, mas confessa que, mesmo com os workshops do esporte aos quais o elenco se submeteu, sofreu muito durante as gravações.

"A gente viveu situações adversas como [os personagens vivem] na série. Ficamos no meio de uma floresta, gravamos num frio absurdo. A gente gravou num frio de 5°C, descendo uma cachoeira às 7h da manhã. Foi muito verdadeiro. A gente passou frio e sufoco mesmo", revela.

Sem Volta foi gravada durante quatro meses, de maio a agosto de 2016, nas redondezas de uma pousada em Petrópolis, região de serra no Estado do Rio de Janeiro. No período de outono e inverno, o elenco teve que lidar com as temperaturas geladas e com o medo de altura, mas Claudia afirma que estavam todos tão entregues aos personagens que não quiseram dublês nas cenas radicais.

"A gente sabia que tinha um esquema de segurança, e o elenco foi dispensando os dublês em todas as cenas. Eu acho que era a mais medrosa, sempre perguntava: 'Gente, é isso mesmo?', com um certo pânico. Mas a equipe disse que era super seguro. A gente escalou umas montanhas, até o [ator] Nicola Siri, que tem fobia de altura, fez uma queda enorme. Pensei: 'Está todo mundo fazendo, não vou deixar de viver essa experiência'", conta.

Munik Chatack/Record

Elenco principal de Sem Volta durante as gravações da série em Petrópolis, Rio de Janeiro

Inspirada em Lost, Sem Volta conta a história de um grupo de alpinistas que começam uma expedição de escalada em uma montanha, mas uma série de erros e uma tromba d'água fazem com que eles se percam e tenham que lutar pela sobrevivência na natureza.

A personagem de Claudia é Claire, uma montanhista veterana que está cansada de praticar o esporte e reluta antes de partir para a aventura.

Claudia recusou uma participação em A Terra Prometida para fazer esse papel, que representa seu retorno à TV aberta após três anos _sua última personagem havia sido a Ana de Em Família (2014). Na TV paga, ela participou de um episódio da série As Canalhas (2015), do GNT, e está nas reprises de Escolinha do Professor Raimundo no Viva.

Divulgação/Globo

Claudia Mauro como a aluna Capitu na Escolinha 

A intérprete da Dona Capitu original assiste ao remake do programa e aprova a versão atual da personagem, vivida por Ellen Rocche. "Ela tem a coisa da ingenuidade e do mulherão, ela é suave. Acho até que a Ellen é muito mais mulherão do que eu, eu não tinha esse corpasso (risos). Mas adoro, acho uma homenagem maravilhosa", diz.

Durante o período fora da TV aberta, Claudia se dedicou principalmente ao teatro. Autora de três peças, ela escreveu e protagonizou no ano passado o espetáculo A Vida Passou Por Aqui, sobre a vida de sua própria mãe, que havia sofrido um AVC.

Em 2017, no entanto, terá de conciliar a carreira de dramaturga com o trabalho em O Rico e Lázaro, trama da Record que substituirá A Terra Prometida. "Estava muito dedicada ao teatro, não deu nem tempo de pensar em fazer novela [antes]. Agora já comecei a gravar, vou fazer uma novela de época, bíblica e na Record, coisas que nunca fiz. Então isso me estimula, é algo diferente de tudo em que já atuei", conclui.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?