Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Novela das nove

A Regra do Jogo: Gibson surta e ameaça matar Tio por 'incompetência'

Reprodução/TV Globo

José de Abreu (Gibson) em cena de A Regra do Jogo, novela das nove da Globo - Reprodução/TV Globo

José de Abreu (Gibson) em cena de A Regra do Jogo, novela das nove da Globo

REDAÇÃO

Publicado em 2/3/2016 - 7h41

Gibson (José de Abreu) perderá de vez a paciência com as presepadas de seus capangas em A Regra do Jogo, novela das nove da Globo. Revoltado ao saber que Kiki (Deborah Evelyn) foi resgatada por Zé Maria (Tony Ramos) e que Tio (Jackson Antunes) não conseguiu cumprir a missão de matar Atena (Giovanna Antonelli), o chefe da facção apontará uma arma para a cabeça do bandido e ameaçará atirar.

Nos próximos capítulos, Kiki contará toda a verdade sobre Gibson em depoimento à polícia, mas o delegado responsável, Fonseca (Thales Coutinho), estará de conluio com o Pai. O chefe da quadrilha mandará o policial sequestrar sua filha, mas Dante (Marco Pigossi) conseguirá interceptar o plano e evitar que a mãe adotiva seja mandada para fora do país.

Além de ver Zé Maria resgatar Kiki, Tio falhará na missão de matar Atena, e Gibson convocará uma reunião às pressas com seus funcionários. “Eu não acredito nisso! Vocês são um bando de incompetentes! Um bando de inúteis! Eu queria mudar esse país, mas não dá para mudar o Brasil se para isso a gente tem que contar com brasileiro! Eu devia ter recrutado um exército na Sérvia! Na Bósnia! Na Síria! Mas não! Contratei esse bando de pangaré! Raça podre!”, falará o chefe, descontrolado.

Gibson atacará Tio e ordenará que ele suborne o delegado da Polícia Federal para consertar a lambança dele. “Olha para você! Você é o típico brasileiro lambão! Vagabundo! Mandei matar a Atena, deixou a Atena escapar! Mandei coordenar o cativeiro da Kiki, deixou levarem a Kiki! Essa hora ela deve estar na Polícia Federal dando o nome de todo mundo aqui! Mas não! Se estão achando que acabaram comigo, estão muito enganados!  Eu vou virar esse jogo! Descobre quem é que está no comando dessa operação lá na PF, manda cinco milhões de dólares numa caixa de vinho com a ordem de dar sumiço nessas provas!”, determinará.

Mara (Lorena da Silva) e Tio explicarão que acham difícil subornar policiais federais, e os argumentos deixarão o Pai ainda mais irado. “Nada é impossível para mim! Esse foi pela sua incompetência”, dirá, acertando um soco no bandido. “E esse é pela sua insubordinação! Quando eu dou uma ordem é para cumprir, não para discutir! Liga já para esse delegado, dá quanto dinheiro ele quiser, manda ele arquivar o caso e pegar a Kiki de novo para mim! Vai!”, completará, desferindo outro golpe.

Certo de que será mais uma tarefa impossível de cumprir, Tio se recusará a seguir a ordem de Gibson e verá o empresário apontar a arma para sua cabeça. Em seguida, Pai passará o revólver para Mara e mandará que ela acabe com o colega. “É uma ordem! Já! Mata esse imbecil! Executa esse vira-lata! Não tem coragem? Ahn?! Bando de imbecil! Bando de frouxo! Vocês nunca vão ser ninguém! Vão morrer assim, mortos de fome, porque vocês não merecem nada! Nada!”, esbravejará o chefe, antes de abandonar a reunião sem matar ninguém.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Últimas de A Regra do Jogo


Outras Novelas

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do início do BBB21?