Rômulo Estrela

Promovido após briga, ator estreia como protagonista e confessa: 'Assustador'

Fotos: Reprodução/TV Globo

Rômulo Estrela estava escalado para fazer personagem secundário antes de ganhar Afonso - Fotos: Reprodução/TV Globo

Rômulo Estrela estava escalado para fazer personagem secundário antes de ganhar Afonso

MÁRCIA PEREIRA, no Rio de Janeiro - Publicado em 10/01/2018, às 06h07 - Atualizado às 12h38

Rômulo Estrela batalha bons personagens desde que estreou na TV em 2004, mas foi o acaso que o transformou em protagonista de Deus Salve o Rei. O ator teria um papel secundário: faria o irmão da mocinha com quem agora trocará beijos e juras de amor. "A princípio, foi assustador", lembra. O "upgrade" ocorreu no início das gravações, quando Renato Góes se desentendeu com o diretor Fabrício Mamberti e deixou o posto de galã. 

Depois, Rômulo passou a encarar a interpretação do príncipe Afonso como uma ótima chance. "Eu já estava com essa trupe e me preparando. Eu sempre trabalhei para ter bons papéis e ter oportunidades, e isso acabou abrindo as portas para mim. Eu acho que o Afonso é um exemplo disso", diz.

Aos 33 anos, essa é a quinta novela do maranhense desde que deixou a Record para voltar à Globo em 2013. De lá para cá, foram três novelas de época. Rômulo ainda estava concluindo seu trabalho em Novo Mundo no ano passado quando deu início à preparação para Deus Salve o Rei; na época, ele estava escalado para o papel do arqueiro Tiago. Com sua promoção, o personagem ficou com Vinicius Redd.

Paulistano que mudou de nome depois de estrelar Além do Horizonte (2014), Redd antes era conhecido como Vinicius Tardio. Ele foi convocado a fazer um teste assim que Estrela virou protagonista. Em 24 horas, já havia sido aprovado e teve de correr com a preparação com arco e flecha. Tiago, o irmão de Amália (Marina Ruy Barbosa), só tem uma ambição na descrição de seu perfil: tornar-se arqueiro real.

Por aí, é possível se ter uma ideia de como o "upgrade" de Estrela foi grandioso. Além de herdeiro da coroa de Montemor, Afonso é um homem de honra, um bom companheiro e não medirá esforços pelo amor. Ele ainda será disputado pelas personagens de Marina Ruy Barbosa (Amália) e Bruna Marquezine (Catarina). Nada mal, não é mesmo?

Afonso (Rômulo Estrela) se apaixona pela plebeia Amália (Marina Ruy Barbosa) na trama

"Estou grato, essa é a palavra que define o meu momento", despista Estrela, que completa: "Estou com duas atrizes que desde pequenas fazem isso [atuar] muito bem, não é à toa que elas estão no lugar que estão. O mais legal é poder trocar, aprender e jogar em cena com elas para que o nosso trabalho fique elevado."

Para o ator, buscar fontes de inspiração para compor o personagem foi prazeroso porque ele tem um encantamento especial pela Idade Média.

"Eu tenho alguns atores que fizeram filmes nesse lugar, que eu bebi na fonte, que são o Joaquin Phoenix e o Russell Crowe. O Crowe em Robin Hood [2010] e o Phoenix em Gladiador [2000]", comenta Estrela, que emagreceu um pouco para o papel e colocou apliques para ficar com a vasta cabeleira exibida na trama.

Leia também

 

 

Últimas de Deus Salve o Rei

Enquete

O que você achou do vaivém de Datena na Band?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook