Nova das sete

Mocinha de I Love Paraisópolis, Marquezine diz que não vê novela

Zé Paulo Cardeal/TV Globo

Bruna Marquezine como Marizete na nova novela das sete da Globo, I Love Paraisópolis - Zé Paulo Cardeal/TV Globo

Bruna Marquezine como Marizete na nova novela das sete da Globo, I Love Paraisópolis

MÁRCIA PEREIRA - Publicado em 14/04/2015, às 06h04

Bruna Marquezine trabalha como atriz na Globo desde os oito anos de idade, mas não vê novela. Quando consegue assistir TV, ela prefere filmes. A beldade estará de volta ao ar em I Love Paraisópolis, próxima novela das sete, que estreia dia 11 de maio. Mari, sua personagem, não deve lembrar em nada Luiza, a mocinha mimada de Em Família. Na trama de Alcides Nogueira e Mário Teixeira, ela será Marizete: uma jovem da comunidade de Parisópolis, na zona sul de São Paulo, que é batalhadora e sonha com uma vida melhor. 

A atriz afirma que gosta de se ver em cena para poder melhorar seu trabalho, porém revela que é difícil se sentar diante da televisão para assistir outras novelas. “Normalmente, quando vejo TV, assisto um filme", confidencia a beldade, que está conhecendo melhor a cidade de São Paulo graças ao seu novo trabalho.

Ela está gravando na capital paulista desde o mês de fevereiro. Marizete perdeu a mãe e vive na comunidade de Parisópolis desde pequena. “Mari é uma menina muito guerreira, que não teve uma vida fácil. Porém, é aquele tipo de pessoa que mesmo com todas as dificuldades não perde o ânimo”, adianta a atriz.

A ex-namorada do craque de futebol Neymar vai contracenar muito com Tatá Werneck (Danda) na nova novela. Elas foram criadas como irmãs. Maria Casadevall vai ser sua rival no folhetim. Na pele de Margot, Casadevalll pegará birra da personagem de Marquezine porque seu namorado, Benjamin (Maurício Destri), vai se derreter por Marizete e a abandonará.

Apelo popular

Benjamin e Margot pertencem ao núcleo dos endinheirados, que moram no Morumbi. Já Marizete e Danda são da favela de Paraisópolis. Os bairros são vizinhos e servirão para abordar a questão da desigualdade social. A personagem de Bruna deve criar identidade com o público por ter um forte apelo popular.

“Acho que nós conhecemos muitas Marizetes. Pessoas que não desistem, que têm um objetivo de vida, que batalham e fazem de tudo para conquistarem o que querem. É uma menina que sozinha aprendeu a ser forte. Estou fazendo um trabalho, não só eu, mas todo o elenco, com o Chico Accioly [preparador de elenco]. Nós estamos tendo muito cuidado com a construção de cada personagem para que seja real, porque nós temos esse compromisso principalmente com os moradores de Paraisópolis. Temos de contar histórias verdadeiras”, diz Bruna.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O que você espera de O Sétimo Guardião?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook