Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Eta Mundo Bom!

Klebber Toledo volta a ficar nu para o último show do 'cegonho'

Fotos Reprodução/TV Globo

Klebber Toledo (Romeu) e Camila Queiroz (Mafalda) na novela das seis, Eta Mundo Bom! - Fotos Reprodução/TV Globo

Klebber Toledo (Romeu) e Camila Queiroz (Mafalda) na novela das seis, Eta Mundo Bom!

MÁRCIA PEREIRA

Publicado em 29/7/2016 - 5h26

Klebber Toledo voltará a ficar nu nos últimos capítulos de Eta Mundo Bom!. Seu "cegonho" dará o último show em uma cachoeira, um bônus do autor Walcyr Carrasco para festejar o termo criado para driblar as restrições da classificação indicativa e que caiu na boca do povo. Chamar pênis de "cegonho" virou febre até nos bastidores da novela das seis da Globo.

Na última quarta-feira (27), o Notícias da TV esteve na fazenda de Cunegundes (Elizabeth Savala) nos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro, com parte dos atores do núcleo cômico da novela. Lá, tudo é motivo para falar do "cegonho". Ele voa, ele bica, ele está em toda parte. "Quando um de nós sai para trocar de roupa ou pegar um café, tem sempre alguém que fala: 'já vai atrás do 'cegonho'", conta Rosi Campos, a intérprete de Eponina. 

Camila Queiroz, a Mafalda, revela que umas dez pessoas a pararam na rua em Nova York (EUA) na semana passada para perguntar do "cegonho". "Fiquei abismada. Juro para você", diz a jovem atriz, com o mesmo jeitinho espantado de sua personagem.

"A única coisa que quero para o final da Mafalda é que ela veja o cegonho, seja do Zé dos Porcos [Anderson Di Rizzi] ou do Romeu [Klebber Toledo]. Se vocês forem ver meu Instagram, tudo que posto, só tem comentários do 'cegonho'. Agora tem aquele jogo do Pokémon Go, quando estou na rua, acho que as pessoas pensam que é que nem o game, querem ir atrás do 'cegonho' o tempo todo", diz a Camila.

Carrasco também colocou "o galo para cantar" em sua novela ao se referir às transas de Eponina com seu marido, Pandolfo (Marco Nanini), durante a lua-de-mel. Primeiro, o "cegonho" dele não queria voar. Mas quando voou, e o "galo passou a cantar" a qualquer hora do dia e da noite. E sempre a sonoplastia inseria um galo cantando, som que gerava burburinho entre os outros personagens.

O ator Klebber Toledo (Romeu) tapa o "cegonho" em cena de nudez da novela das seis

Klebber Toledo ainda não fez o "galo cantar" na trama, mas diz que a mulherada usa o apelido dado ao órgão sexual masculino em Eta Mundo Bom! para assediá-lo nas ruas. "Elas querem ver o cegonho. Eu dou risada, não sei o que responder. Essa curiosidade da menina, do medo e da ansiedade que a expressão gera em cena é muito boa, mas também ganha outras conotações fora", revela. 

Ele afirma que não pode falar sobre seu próximo nude. Conta que morreu de vergonha com a sequência em que seu personagem saiu do rio, descobriu que as roupas foram roubadas e teve de correr até a frente da casa cobrindo as partes íntimas com folhas de árvore.  

"Saber que tinha um nude não é o problema, mas uma sequência de cenas de nudez foi triste. Mas o que eu podia fazer? Imagina ter de sair correndo pelado, com uma folhinha na frente e outra atrás, e falar três páginas de texto? Falei ‘Vamos lá papai do céu’. É que temos uma equipe muito boa, que protege a gente. Diminuíram o tamanho de gente no set. Óbvio que uso tapa sexo porque não tem necessidade de não usar. A cena ficou bem construída e engraçada, o nu era um adendo", comenta. 

Toledo em cena de perrengue: personagem sofreu a maior parte da trama para provar amor 

O ator diz que deseja ver Romeu comprar a fazenda e casado com Mafalda, já que ele passou a maior parte da trama correndo atrás disso. "Romeu teve de provar seu amor, fez isso e não teve reconhecimento. De agente de problemas, ele passou a ser a vítima de tudo. Ele apanhou, caiu no chiqueiro e fica dando murro em ponta de faca para provar seu amor", avalia Toledo.

Porém, ele lembra que o personagem ficou desacreditado pelo seu lado mentiroso. "Independentemente do que ele está passando, esse passado existe. Como ele errou muito, Romeu tem medo de errar de novo e aí erra mais uma vez como o negócio do carro que ele perdeu para o banco por falta de pagamento. Mentiu e errou."

O ator afirma que está reservado para um outro projeto na Globo, mas não revela qual. Ele conta ainda que vai dirigir um espetáculo, Samba, Jazz e Bossa Nova, e se dedicará a isso nos próximos meses. "Eu estou produzindo essa peça, tenho uma produtora. Em setembro, tem o lançamento do filme 3.000 Dias no Bunker, dirigido por Rodrigo Bittencourt, com Emílio Orciollo como protagonista. Conta a história do economista Gustavo Franco, fala do Banco Central e mensalão. Faço uma uma participação especial, minhas cenas são as primeiras e mostram o caráter do personagem central.  E tem também minha primeira dublagem em uma animação da Warner", adianta.

Eta Mundo Bom! está prevista para terminar dia 26. Na visita aos Estúdios Globo, o Notícias da TV acompanhou gravações de cenas que vão ao ar a partir do dia 15. Nelas, Zé dos Porcos (Anderson Di Rizzi) sugere que Mafalda deve fugir com ele para não casar com Romeu, mas ela desconversa e eles brigam.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Últimas de Êta Mundo Bom!


Outras Novelas

Leia também

Enquete

Você gostou do primeiro mês de Um Lugar ao Sol?

Web Stories

+
Traída, enganada e desprezada: 7 vezes em que Bárbara quebrou a cara em Um Lugar ao SolMansão nova, presença VIP e publis: Saiba tudo sobre a carreira de Deolane BezerraÚltima temporada de La Casa de Papel: Após o fim, série já tem spin-off confirmadoFicção virou realidade: Casa de Esqueceram de Mim é aberta ao público; veja fotosDivórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabem

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas