Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

MONTAGEM

Humorista faz Tieta dar lição de moral em Jair Bolsonaro: 'Valeu a pena'

REPRODUÇÃO/TWITTER

Montagem que coloca o rosto do presidente Jair Bolsonaro na cabeça do personagem Ricardo, da novela Tieta (1989)

Em sátira, o rosto do presidente Jair Bolsonaro foi colocada na cabeça do personagem Ricardo, da novela Tieta

REDAÇÃO

Publicado em 22/1/2020 - 8h58
Atualizado em 22/1/2020 - 8h59

Um humorista fez a personagem icônica Tieta, interpretada por Betty Faria, dar uma lição de moral sobre diversidade em Jair Bolsonaro. O jornalista Brunno Sarttori criou uma montagem em que o rosto do presidente do Brasil é colocado na cabeça de Cássio Gabus Mendes, que viveu Ricardo na novela de 1989. No diálogo, a protagonista não aceita que seu namorado seja homofóbico. "Valeu a pena", declarou o produtor de conteúdo.

As imagens foram publicadas no Twitter, e Sarttori é conhecido na internet pelas sátiras que costumam viralizar. "Não sei quantos direitos autorais podem ter sido violados com a criação desse vídeo", brincou ele. "Essa cena foi gravada há mais de 30 anos e mesmo assim continua atual", pontuou ele na manhã desta quarta (22).

Em Tieta, a personagem principal decide fugir do conservadorismo do Nordeste e vai para São Paulo. Cerca de 25 anos depois, ela retorna à cidade onde nasceu e acaba se envolvendo com seu sobrinho, Ricardo. A cena utilizada por Sarttori na montagem escancara a indignação de Tieta com a hipocrisia da sociedade. 

"Com que direito tu enche a boca pra falar das leis de Deus? Que lei é essa? Onde que tá escrito, me diga? Por acaso Deus lhe deu procuração para agir em nome dele?", questiona ela no começo do vídeo. Na sequência surge o personagem de Cássio Gabus Mendes com o rosto de Bolsonaro. 

"Tieta, você não pode achar que um homem vestido de mulher seja normal", responde Ricardo. "Oxi, é a roupa que importa? Aos olhos de Deus é a aparência que importa ou o caráter?", rebate a protagonista. O personagem de Gabus Mendes diz que não é só a roupa, mas que tudo importa. 

"Fale de uma vez, a censura já acabou!", grita a ricaça extravagante. "Tieta, um homem é um homem. Deus criou o sexo com uma função e um papel", diz o sobrinho. "E quem não se encaixa nesse papel a gente faz o que? Afoga no mar?", questiona ela.

Em seguida, a protagonista criada por Jorge Amado na literatura discursa sobre padrões de comportamento e explica ao namorado que ninguém é igual a ninguém, e que eles não podem julgar ninguém devido à relação pouco convencional que eles mantém. 

Ao final da conversa, Tieta pede que Ricardo abra seu coração. "Eu preciso pensar. É tudo muito novo pra mim", conclui o personagem, cabisbaixo. 

Escrita por Aguinaldo Silva, Ricardo Linhares e Ana Maria Moretzsohn, a trama foi uma adaptação do romance Tieta do Agreste (1977), de Jorge Amado. Reynaldo Boury, Ricardo Waddington e Luiz Fernando Carvalho dirigiram a obra. Paulo Ubiratan foi responsável pela direção geral e de núcleo. 

Vários internautas adoraram a montagem feita por Brunno Sarttori. "Quem nasceu pra ser Porcina nunca será Tieta!", declarou Tony Souza, em referência a Regina Duarte, que está prestes a assumir um cargo no governo de Jair Bolsonaro e que interpretou a Viúva Porcina na novela Roque Santeiro (1985). 

"Aguinaldo Silva decaiu muito. Um texto desse nos dias de hoje seria criticado pela milícia digital bolsonarista e pelo próprio Aguinaldo", avaliou o perfil identificado como Loro José. "Por isso que a novela Tieta era de Jorge Amado", lembrou Alexon Rocha. 

"Jesus. 30 anos e o texto é mais atual do que nunca. Que droga de retrocesso! Não mudamos ou avançamos em nada!", lamentou Lívia Porto. 

Veja o vídeo de Brunno Sarttori no Twitter: 

Leia também

Enquete

Você gostou do primeiro mês de Um Lugar ao Sol?

Web Stories

+
Traída, enganada e desprezada: 7 vezes em que Bárbara quebrou a cara em Um Lugar ao SolMansão nova, presença VIP e publis: Saiba tudo sobre a carreira de Deolane BezerraÚltima temporada de La Casa de Papel: Após o fim, série já tem spin-off confirmadoFicção virou realidade: Casa de Esqueceram de Mim é aberta ao público; veja fotosDivórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabem

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas