Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Novela das nove

Em Velho Chico, Afrânio ameaça matar padre: 'Boto pra rezar missa no inferno'

Reprodução/TV Globo

Carlos Vereza (Benício) contracena com Antonio Fagundes (Afrânio) em Velho Chico, da Globo  - Reprodução/TV Globo

Carlos Vereza (Benício) contracena com Antonio Fagundes (Afrânio) em Velho Chico, da Globo

MÁRCIA PEREIRA

Publicado em 16/7/2016 - 7h52

Personagem de Antonio Fagundes em Velho Chico, Afrânio ficará indignado com uma homenagem que padre Benício (Carlos Vereza) fará a Belmiro dos Anjos (Chico Diaz) em uma missa campal para vaqueiros. Revoltado porque o povo acredita que ele matou o pai de Santo (Domingos Montagner), o Saruê falará para Carlos Eduardo (Marcelo Serrado) que o religioso é muito atrevido e ainda não sabe do que ele é capaz. "Se me dê nas veneta,botô ele pra reza missa no inferno", vai disparar o coronel.

A ameaça acontecerá em uma celebração sertaneja de Grotas de São Francisco: a pega de boi (competição entre vaqueiros para capturar um animal valente). Político, Afrânio fará questão de doar dinheiro para a comemoração, que será aberta com uma missa na caatinga. Só que a homenagem a Belmiro tirará o coronel do sério. Ele levantará no meio do discurso do padre, colocando a mão no revólver em sua cintura e assustando o público presente. 

"Não posso deixar de fazer uma justa homenagem ao maior vaqueiro que vi, e um dos maiores homens que Deus me deu a honra de conhecer: Belmiro dos Anjos! Mais uma vítima da impunidade e do descaso das leis dos homens", dirá o padre. "Tava demorando", falará Afrânio a Carlos.

O coronel se levantará e passará a mão no cabo de sua arma. Santo entrará em seguida usando o gibão de couro do pai. "Para Belmiro dos Anjos, nós tiramos o chapéu. Ele agora corre livre nos campos vastos do Céu", entoará o agricultor.

Mais tarde, quando a pega de boi for começar, o Saruê se mostrará inconformado. "Não sei onde tava com a cabeça quando fui te ouvir e dar dinhêro pra esse padre vir me chamá de assassino na frente de todo mundo", vai se queixar o coronel. "Ele não te chamou de assassino, sequer fez menção ao seu nome", afirmará o deputado.

"Precisa? Essa gente botô a morte desse um nas minhas costas! Nessas hora chega até a dá saudades de padre Romão [Umberto Magnani], que era cabeça dura, cheio de valores, sermão, princípios, mas não era tão atrevido quanto esse aí", vai declarar Afrânio.

Carlos Eduardo comentará que Benício é carismático, conquistou o povo. "Esse padreco num me conhece ainda! Se me dê nas veneta botô ele pra reza missa no inferno", ameaçará o Saruê. Carlos o condenará, dizendo que mexer com padre em cidade religiosa é muito perigoso, mas o coronel mandará ele calar a boca. A cena está prevista para ir ao ar dia 21 na novela das nove da Globo.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Últimas de Velho Chico


Outras Novelas

Leia também

Web Stories

+
A Fazenda 13: Sem barracos, Liziane frustra público e é eliminada; veja trajetóriaComo Lázaro Ramos e Taís Araujo: 7 casais formados nos bastidores da GloboSex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a sérieA Fazenda 13: Surto na baia e barraco com ofensas marcam primeira semana do realityQuem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de Pantanal

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?