Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Vem aí

Em Família: Laerte e Helena se reencontram e saem no tapa

Reprodução/TV Globo

Julia Lemmertz em cena de Em Família; Helena levará tapa de Laerte (Gabriel Braga Nunes) ao reencontrá-lo - Reprodução/TV Globo

Julia Lemmertz em cena de Em Família; Helena levará tapa de Laerte (Gabriel Braga Nunes) ao reencontrá-lo

REDAÇÃO

Publicado em 19/2/2014 - 11h32

O reencontro de Helena (Julia Lemmertz) e Laerte (Gabriel Braga Nunes) em Em Família será marcado por bofetadas de ambas as partes. A cena acontecerá no final da semana que vem. Os protagonistas da novela das nove da Globo estarão em Goiânia, por causa de Itamar (Nelson Baskerville), pai de Laerte. Os ex-amantes terão uma discussão feia, que acabará com ele revidando uma bofetada no rosto da ex-amada e deixando claro seu encantamento por Luiza (Bruna Marquezine).

Durante o funeral do pai do flautista, eles vão se evitar. Enquanto isso, Luiza estará extremamente deslumbrada com as descobertas sobre o passado de sua família, e as irmãs Selma (Ana Beatriz Nogueira) e Chica (Natália do Vale) se verão pela primeira vez depois de 20 anos.

Atormentada com as suas lembranças, Helena resolve ir ao clube que foi palco do baile da sua formatura. Lá, ela revive os momentos mágicos da juventude, mas também se depara com Laerte. A cena em que os dois discutem vai continuar na sexta-feira (28).

“Não segui você. Apenas tivemos a mesma ideia. A de virmos os dois aqui... pra lembrar”, diz Laerte, enquanto Helena parece querer sair dali correndo.

“Não vim aqui pra lembrar! Vim pra esquecer! Pra esquecer o tempo maldito que vivi aqui, neste salão, nesta cidade. Maldito por sua culpa. Maldito como você”, responde ela.

“E eu vim para pedir perdão”, fala o flautista.

“Não tem perdão o que você fez. E mesmo que tivesse eu não te perdoaria. Não se ajoelhe. Já fez isso outras vezes, não lembra? Não lembra o papel ridículo que fez na Escola Normal na frente de todo mundo?”, lembra Helena.

A partir daí os dois perdem o controle. O músico tenta deixar claro que não queria matar Virgílio (Humberto Martins) ao agredi-lo após a despedida de solteiro. Mas ela não ouve nada do que ele diz e ferozmente afirma que tem nojo dele, o que desperta agressividade de Laete. Ele vai segurá-la firme, machucando seu braço.

“Pensa o quê? Que é melhor do que os outros? Tem que aprender a ouvir! Que tanta raiva você tem de mim? Você foi minha parceira no crime que eu cometi”, dispara Laerte, continuando: “Provocou sempre, me atirou contra o Virgílio, se exibiu diante da cidade inteira como uma mocinha com dois idiotas apaixonados”.

Ele vai relembrar o que ela dizia, como “meus dois amores”, e também vai falar que ela gostava de reinar em toda a cidade, bancando a princesa. O reencontro desperta o lado de Laerte mais impetuoso, como foi mostrado na segunda fase da trama.

Safanões

“Não está preparada para ouvir a verdade. Só para ser adulada! Você não passa de filhinha do papai e da mamãe, vaidosa e vazia”, grita ele, que leva na sequência uma bofetada e a revida.

“Como teve coragem de me bater? Você me paga! Não vou esquecer essa bofetada nunca”, esbraveja Helena.

A troca de ofensas continua até que Helena fala de Verônica (Helena Ranaldi), dizendo que percebeu o ciúme dela no velório. Para surpresa da leiloeira, ele afirma que a pianista sabe que ela é apenas uma lembrança.

“É da sua filha que ela tem ciúmes! Da Luiza”, provoca Laerte, deixando claro que está encantado com a garota.

Helena vai “espumar” de ódio e, para se desvencilhar dele, ela lhe dará outro safanão e sairá correndo.

Volta para casa

Quando chega ao Rio e tem de enfrentar os questionamentos de Virgílio, Helena não quer falar sobre o que houve em Goiás. Ela quer parecer indiferente para o marido e os dois terão uma “DR” (discutem a relação).

O escultor quer saber porque ela está fugindo do assunto. Ela tenta omitir o encontro com Laerte.

“Eu também faço parte dessas lembranças que você, sim, faço questão de lembrar! Só que eu devia ser a parte boa desse passado. Mas não...Você insiste em só lembrar o lado ruim, o lado que te afastou do Laerte. Não o lado que te aproximou de mim”, fala Virgílio.

“Não consigo separar as escolhas que eu fiz, de outras escolhas que eu não pude fazer! Eu sou humana, eu sou normal... E você? Nunca pensou que a sua felicidade foi construída em cima de uma tragédia? Fica feliz com isso?”, pergunta Helena.

“Eu não sou tão feliz quanto você imagina. Também poderia ter feito outras escolhas”, responde ele, surpreendendo-a.

Essa cena está prevista para ir ao ar no capítulo de sábado (1º/3).

LEIA TAMBÉM

Bruna Marquezine 'rouba' bolo em gravação e é chamada de 'boca nervosa'

Audiência de TV mexicana cresce 60% com estreia de Avenida Brasil

Vídeo Show perde pela segunda vez para a Record e preocupa a Globo

Com eliminação de Letícia, BBB tem pior terça-feira da história

Jornal da Globo faz 'mershandising' de livro da filha de Edir Macedo

SBT negocia produção de novela 'argentina' com sócia da Globo

Dubladores improvisam barracos e gritaria de Caso Encerrado, do SBT

Programa do SBT faz sátira de campo virtual da Globo com anões

Globo proíbe jeans rasgado, manga bufante, cabelão e unha preta


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?