Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Novela das nove

Em cenas secretas de A Regra do Jogo, Romero descobre quem é o Pai

Reprodução/TV Globo

Alexandre Nero (Romero) em cena de A Regra do Jogo, novela das nove da Globo - Reprodução/TV Globo

Alexandre Nero (Romero) em cena de A Regra do Jogo, novela das nove da Globo

REDAÇÃO

Publicado em 8/12/2015 - 11h04

João Emanuel Carneiro, autor da novela A Regra do Jogo, montou um esquema com a diretora-geral da trama, Amora Mautner, para que as cenas que envolvem a revelação de quem é o Pai, o poderoso chefão da organização criminosa, não vazem. Toda a sequência do casamento de Nelita (Bárbara Paz) e Orlando (Eduardo Moscovis) não consta nos capítulos 99 e 100 entregues à produção. A cerimônia marca uma virada na trama. Romero (Alexandre Nero) surgirá contando que descobriu quem é o líder da facção. Por isso, Toia (Vanessa Giácomo) e Atena (Giovanna Antonelli) serão libertadas do cativeiro.

As duas vão virar reféns da facção na próxima semana. Junto com o ongueiro, elas passarão a viver em um quarto de hotel escondidas dos criminosos. O ex-vereador sairá atrás de uma pista para negociar com a facção e descobrirá que sua ex-mulher, Kiki (Deborah Evelyn), está viva. A loira virou amante de Zé Maria (Tony Ramos) e teve uma filha com o bandido. Kiki prenderá Romero em um quarto de sua casa. Em seguida, Atena e Toia também virarão prisioneiras de Zé Maria. 

Ao mesmo tempo, algumas pistas indicam que Gibson (José de Abreu) é o Pai da facção. Em um dos diálogos entre Zé Maria e Kiki, o bandido dirá que o pai dela está certo quando diz que ela deve se mudar de cidade ou até de país. Ou seja, Gibson sabe que a filha não morreu no sequestro do qual foi vítima há mais de 15 anos.

No capítulo 99, previsto para ir ao ar dia 23, a identidade do Pai deve ser revelada ao público. Somente os atores envolvidos vão receber as cenas secretas. Tudo acontecerá na mansão de Gibson, durante a festa de casamento de Nelita e Orlando. A herdeira se casará com o bandido embriagada. Ela também saberá antes de se unir ao mau-caráter que ele se chama Ubiraci e era casado com Lara.

Mais pistas de que Gibson é o chefe da organização criminosa serão dadas no capítulo anterior ao enlace. Dante (Marco Pigossi) contará que Orlando mudou de nome e é o marido da mulher que ele dizia ser primo, mas o avô colocará panos quentes. Gibson pedirá para o policial não falar nada com ninguém até que ele volte para casa. O empresário alegará ter um compromisso e, quando voltar, dará apoio para filha se casar com Orlando.

Chantagem

Ao mesmo tempo, o público verá Romero marcar um encontro com Zé Maria. Ele não aparecerá, mas o bandido receberá um bilhete que o deixará em choque. Em seguida, o pai de Juliano (Cauã Reymond) mandará libertar Atena. Depois, Toia será encapuzada e levada ao cais do porto. Lá, ela ficará aliviada ao ver Romero. 

Antes disso, Romero avisará Ascânio (Tonico Pereira) que sua "patroinha" será solta. "Eu botei pra quebrar! Enquadrei todo mundo! Dei strike na roleta! Sou um novo homem", dirá. Numa outra cena, Orlando contará a Atena que Romero descobriu quem é o Pai e está chantageando a facção. Ele tentará convencê-la a ficar do seu lado, contra Romero.

Para tranquilizar Toia, Romero dirá que conseguiu documentos e chantageou a facção. Ele ainda revelará que foi Atena quem o ajudou. "O Orlando pode estar por detrás da facção. Ele pode ser o chefe. O grande chefe", explicará ele.

No entanto, momentos depois, Romero pedirá para Toia não se preocupar com grana. No roteiro, o autor indica que o ex-vereador pode ter feito um acordo com o Pai: "Antecipadamente culpado, pois vai ficar com o dinheiro dela", orienta o texto.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Últimas de A Regra do Jogo

Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.