Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Novela das sete

Deus Salve O Rei: Afonso arma sequestro do irmão tirano para tomar o trono

Reprodução/TV Globo

Afonso (Romulo Estrela) contará com a ajuda de um grupo de rebeldes para o golpe - Reprodução/TV Globo

Afonso (Romulo Estrela) contará com a ajuda de um grupo de rebeldes para o golpe

REDAÇÃO

Publicado em 31/3/2018 - 7h50

Afonso (Romulo Estrela) vai planejar o sequestro de Rodolfo (Johnny Massaro) para obrigar o irmão tirano a renunciar ao trono de Montemor. Em Deus Salve o Rei, ele contará com a ajuda de Cássio (Caio Blat), Amália (Marina Ruy Barbosa) e um grupo de rebeldes no golpe. 

Para repor os cofres do palácio, esvaziados pela guerra e pelo casamento com Catarina (Bruna Marquezine), Rodolfo aumentará taxas dos moradores do reino e gerará cada vez mais insatisfação. Afonso virará um líder popular e se arrependerá de ter deixado o poder nas mãos do irmão.

Amália será contra no início e tentará convencê-lo a ir embora de Montemor, mas depois aceitará a missão. A essa altura da trama, o rei, manipulado por Catarina, mandará proibir qualquer reunião popular para tratar de política.

Afonso organizará encontros secretos. "Aqui eu dou o primeiro passo de volta ao trono. Que me estava destinado. Como queria minha avó. Como deseja o povo", anunciará o personagem de Romulo Estrela.

Na reunião seguinte, Cássio organizará os detalhes do sequestro. "O plano, em linhas gerais, se resume a: nos infiltrarmos no castelo, sequestrarmos o rei", afirmará o ex-comandante do exército. "E fazê-lo assinar a renúncia ao trono em favor de Afonso", completará Amália.

"E o que vamos fazer com Rodolfo depois?", questionará Elói (Glicério do Rosário), um dos rebeldes. "A vida do meu irmão deverá ser preservada. Proponho que ele seja exilado", responderá Afonso. "Isso pode ser um problema! Um príncipe herdeiro exilado sempre poderá, um dia, reclamar o trono de volta", retrucará o plebeu.

"Esta é uma condição inegociável! Eu não terei o sangue de meu irmão em minhas mãos. Sua vida deverá ser preservada", baterá o pé o marido de Amália. "E Catarina? O que vamos fazer com ela?", perguntará Elói.

"Também será exilada. Nós estamos lutando por justiça, não somos assassinos", rebaterá o ex-príncipe. "Assim que sairmos do castelo com os dois, Afonso tem que ser proclamado novo rei. É fundamental para acalmar o povo e ganhar o apoio de todos", emendará a ruiva.

"Tão logo o dia amanheça, eu farei chegar ao povo uma convocação para seu primeiro pronunciamento", planejará Cássio, que se encarregará ainda de conseguir armas para a invasão do castelo. As cenas vão ao ar a partir de quarta (4) em Deus Salve o Rei.

Últimas de Deus Salve o Rei


Outras Novelas

Leia também

Web Stories

+
Vômito, narrador ridículo e ‘xerecada’: Cinco momentos engraçados das OlimpíadasBárbara, Kelvin e Medina: Atletas brasileiros se envolvem em tretas nas OlimpíadasAna ou Manuela? Saiba quem fica com Rodrigo no final de A Vida da GenteComo Rayssa Leal e Douglas Souza: Cinco atletas das Olimpíadas que você deve seguirTraição de Pyong Lee e treta de Nadja Pessoa: Ilha Record promete estreia acalorada

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual a melhor cobertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio?