ESTREAVA HÁ 20 ANOS

Depressão, caridade e bizarrices: relembre o fenômeno Maria do Bairro

Fotos: Divulgação

A atriz Thalia em cena de Maria do Bairro, a novela mais marcante de sua carreira - Fotos: Divulgação

A atriz Thalia em cena de Maria do Bairro, a novela mais marcante de sua carreira

FERNANDA LOPES - Publicado em 20/02/2017, às 05h15

Há 20 anos, estreava no SBT uma das novelas mexicanas de maior sucesso em todos os tempos: Maria do Bairro. A produção protagonizada por Thalia foi ao ar pela primeira vez no Brasil em fevereiro de 1997, com 17 pontos de média geral no Ibope. Desde então, foi reprisada seis vezes _só perde para A Usurpadora nesse quesito. Sucesso de audiência, a trama teve casos de amor, depressão, solidariedade e falhas nos bastidores.

Fenômeno de repercussão no México e no Brasil, Maria do Bairro foi gravada em 1995 e é a terceira da "Trilogia das Marias", ao lado de Maria Mercedes (1992) e Marimar (1994). Em comum, todas foram estreladas por Thalia e têm protagonistas de origem pobre e extremamente sofredoras.

Em Maria do Bairro, a personagem título é uma garota que trabalha como catadora em um lixão. Após a morte de sua madrinha, ela é acolhida por uma família rica, passa a morar em uma mansão e se apaixona pelo filho dos donos da casa. Para viver seu grande amor, Maria tem que lutar contra a hostilidade dos ricaços.

A trama (e o relacionamento conturbado com o ator Fernando Colunga, que fazia seu par romântico) tornou Thalia ainda mais famosa, o que também influenciou em crises de depressão da atriz e cantora. As visitas ao lixão também abalaram os outros atores da trama, que fizeram doações para catadores reais do local.

Relembre as curiosidades e fatos bizarros que marcaram Maria do Bairro:

Thalia como a protagonista de Maria do Bairro: aos 24 anos, interpretava uma garota de 15

Diferenças de idade
Na primeira fase de Maria do Bairro, a personagem principal tinha 15 anos, e na terceira fase já estava 35. Thalia tinha 24, e no início parecia claramente mais velha (e sensual) do que uma adolescente sem instrução. A grande vilã da trama, Soraya, era interpretada por Itatí Cantoral, que tinha só 19 anos. Já os filhos adolescentes de Thalia na trama eram vividos por atores apenas seis anos mais novos do que ela.

Legenda

Em Maria do Bairro, personagem pobre não limpava o queixo, mas vivia de cílios postiços

Bizarrices e falhas da produção
A produção das novelas mexicanas dos anos 1990 não privilegiava a sofisticação e a coerência em suas cenas. Apesar de viver em um lixão, sem condições básicas de higiene, a personagem aparentemente tinha rituais de beleza específicos: sempre aparecia com o rosto sujo, manchado de preto, mas com cílios postiços intactos.

Além da falha na caracterização, a produção não conseguiu proteger Thalia de uma cena de incêndio que envolvia sua personagem. Sem receber os cuidados devidos, a atriz terminou a gravação com queimaduras nas pernas.

Com tanto sofrimento na novela, Thalia teve crise nervosa de depressão após as gravações

Depressão
Em sua biografia, chamada Cada Día Mas Fuerte (Cada dia mais forte, em tradução livre), Thalia confessou que sofria muito com os dramas de suas personagens.

"[Ir até o aterro sanitário e ver a miséria das famílias de lá] Me impactava muito! Sobretudo porque ali se encontravam desde cabeças de animais até mãos e pés de seres humanos, fetos em diferentes estágios de decomposição. [Via] baratas e ratos que corriam debaixo dos sacos de plástico, caixas e papéis. Eu tinha que acabar de gravar e ir ao meu camarim, diretamente para o chuveiro. Não sei se era por querer tirar o cheiro ou para lavar essas imagens tão fortes que giravam em minha mente", escreveu.

Depois da Trilogia das Marias, em 1996, Thalia passou por uma crise de depressão e teve que se afastar das atividades profissionais temporariamente.

Thalia e Fernando Colunga: os dois foram namorados, mas o relacionamento fracassou

Namoro na TV
Ao longo dos 185 capítulos de Maria do Bairro, Thalia e o ator Fernando Colunga, que interpretava Luís Fernando, par romântico de sua personagem, começaram um romance de verdade nos bastidores.

O namoro foi conturbado, com muita interferência dos fãs e da mídia, e não durou muito tempo. Anos depois, Colunga declarou em uma entrevista: "Ter sido namorado de Thalia foi a pior experiência amorosa que já tive em minha vida. Sim, foi uma má experiência, porque o amor que você desfruta com seu par você não quer desfrutar com mais 88 mil pessoas que nem entendem sua relação".

A atriz Thalia no lixão onde a novela era gravada; atores ajudaram trabalhadores do local

Caridade
Algumas cenas de Maria do Bairro foram gravadas em um aterro sanitário real, localizado na Cidade do México. Várias pessoas trabalhavam no local como catadoras de lixo, mesmo trabalho que a protagonista tinha na trama. Penalizados com a situação precária que os trabalhadores enfrentavam, atores e funcionários da equipe voltaram ao local com mantimentos e brinquedos.

Thalia, no entanto, não participou de nenhuma cena de fato em meio ao lixo. Ela gravava com "lixo cenográfico", feito com material limpo produzido especialmente para a novela, para evitar contaminações e riscos à saúde.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook