Império

Autor escreve cena de amor entre gay e mulher, mas Globo corta

Divulgação/TV Globo

Suzy Rêgo (Beatriz) e José Mayer (Cláudio) em cena da novela Império, da TV Globo - Divulgação/TV Globo

Suzy Rêgo (Beatriz) e José Mayer (Cláudio) em cena da novela Império, da TV Globo

MÁRCIA PEREIRA - Publicado em 20/08/2014, às 23h37 - Atualizado em 23/08/2014, às 10h00

O autor de Império, Aguinaldo Silva, escreveu uma cena em que o bissexual Cláudio (José Mayer) tem uma noite de amor com sua mulher, Beatriz (Suzi Rêgo). Na sequência, eles transam duas vezes, mostrando que não vivem um casal de aparências e cumplicidade.

Prevista para ir ao ar no dia 5, a cena deverá ser gravada de forma diferente. Segundo a colunista Patricia Kogut, do jornal O Globo, a emissora mandou cortar e refazer cenas que envolvam o triângulo amoroso formado por Cláudio e sua mulher, Beatriz, e pelo amante dele, Leonardo (Klebber Toledo). O objetivo é não criar polêmicas em torno de um assunto tratado internamente como "delicado".

Não é a primeira vez que emissora veta sequências de Império. A direção já eliminou duas cenas de beijo entre Cláudio e Leonardo, além de sequências picantes entre José Alfredo (Alexandre Nero) e Maria Isis (Marina Ruy Barbosa), conforme o Notícias da TV antecipou.

A sequência

A sequência de amor entre Cláudio e Beatriz, de acordo com o roteiro original, vai começar com ele nervoso por conta do medo que tem de seu filho, Enrico (Joaquim Lopes), descobrir seu caso com outro homem, Leonardo. Beatriz vai acalmá-lo com uma massagem. Cláudio vai questionar a paciência dela diante de tantos problemas e lamentará a ausência de intimidades entre os dois nos últimos tempos.

“Parece que se sacrifica, deixa de lado o seu desejo, o que me deixa preocupado. Sexo é parte do nosso amor. Então, se você gosta e eu também, por que não vamos para o quarto?”, vai sugerir Cláudio, conduzindo a mulher para a suíte do casal.

Em seguida, eles surgirão em cena se beijando e dando início a uma intensa troca de carinhos. “Esses anos todos, depois de tantos percalços... Nada mudou entre nós”, dirá a dona de casa. “Nem vai mudar... Sabe por quê? Porque te amo, te amo, te amo. Você é minha fortaleza”, responderá Cláudio.

“E os dois se entregam um ao outro”, indica o roteiro escrito por Aguinaldo Silva. Depois, os personagens aparecerão na cama, aos beijos, como se tivessem acabado de “consumar o ato”, descreve o novelista.

Beatriz confessará ao marido que estava morrendo de saudades de fazer amor com ele. “Desculpa se me atrasei nas obrigações de marido. É tanto problema que eu...”, vai declarar o cerimonialista.

A conversa enveredará pelo caminho de que o que importa não é a quantidade, mas, sim, a qualidade do sexo. Beatriz vai se derreter em elogios e pedir bis ao parceiro, e os dois recomeçarão a transar. 


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é o personagem mais trouxa da TV?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook