Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

MATHEUS ABREU

Ator foi proibido de fazer manobras radicais com bike em Malhação; saiba por quê

PAULO BELOTE/TV GLOBO

O ator Matheus Abreu caracterizado como Tato em cena de Malhação: Viva a Diferença

Matheus Abreu como Tato em Viva a Diferença (2017); personagem praticava downhill urbano

REDAÇÃO

Publicado em 27/5/2020 - 16h46

Matheus Abreu se aventurou em cima de uma bicicleta para aprender os segredos do downhill urbano como o Tato de Malhação: Viva a Diferença (2017). O artista, no entanto, foi orientado pela produção a não se aventurar mesmo em manobras mais simples do esporte radical. "Não podíamos correr o risco de um acidente no meio na novela", explica ele.

Durante a preparação, o jovem de 23 anos participou de workshops com atletas reais da modalidade, que descem ladeiras a mais de 70km/h enquanto desviam de obstáculos como corrimãos e calçadas. "Sempre tive uma relação muito próximo com a bike, ela me levava para todo lugar. Na infância e na adolescência, foi o meu meio de transporte e minha companheira de trilhas", relembra.

O ator recebeu dicas de Bruno Gayer, o Chupim, um dos principais praticantes do desporto no Brasil. Ele rapidamente pegou o jeito para descer lances de escada em cima de duas rodas, mas não teve a chance de mostrar as habilidades em frente às câmeras. "Em uma cena, acho que em um dos treinos, um dublê fazia um salto entre duas rampas, e isso aí eu não tentaria de jeito nenhum", revela ele, aos risos.

O rapaz herdou o gosto pela adrenalina de seu pai, o economista Adely de Abreu. "Quando criança, eu o acompanhava no jipe e não parei mais com o off road, seja de bike ou a pé. Mas a minha paixão mesmo são as duas rodas das motos. A sensação de fazer uma trilha, de chegar todo sujo, mas de alma lavada, é um deleite", avalia.

Nos próximos capítulos, o chapeiro voltará às competições. De cara, ele se envolverá em um acidente ao ficar de cabeça quente com uma ligação do rival Deco (Pablo Morais) para Keyla (Gabriela Medvedovski). Ele, entretanto, não desistirá tão fácil. "Quando a gente gosta de algo é difícil ficar longe, né?", afirma Abreu.

ESTEVAM AVELLAR/ TV GLOBO

Intérprete de Tato, Matheus Abreu recorreu a dublês nas cenas mais perigosas de Malhação


Disputa amorosa

Com a chegada do personagem de Pablo Morais, o romance de Tato com a filha de Roney (Lúcio Mauro Filho) vai estremecer de vez. "A relação fica um pouco abalada. Uma mistura de ciúme, insegurança e não só pela Keyla, mas também pelo Tonico. Era um medo de perder as coisas que ele mais amava na vida", pondera o intérprete.

O filho de Aldo (Cláudio Jaborandy) chegou a registrar o bebê mesmo sem ser o pai biológico. "A chegada de uma criança traz muitas responsabilidades. Ele passou a trabalhar para suprir as necessidades do garoto. Só tinha tempo de ir para a escola e trabalhar. Isso fez com que a bike, sua paixão, ficasse de lado", considera.

Além de assistir à reprise, Matheus aproveita a quarentena para desenvolver outras habilidades. "Estou bem conectado com a música, aprendendo a tocar violão, estudando percussão. Também leio mais, vejo mais séries, filmes. Ainda me exercito e estou me arriscando na cozinha", arremata o galã.

Últimas de Malhação


Resumos Semanais

Resumo da novela Malhação: Capítulos de 5 a 13 de agosto

Quinta, 5/8 (Capítulo 138)
Henrique garante a Bianca que está esperando por ela. Duca se desculpa com Bianca. Os alunos da Ribalta preparam uma despedida para René, e João fica impactado. João deixa escapar para Cobra que Karina pode não ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também

Web Stories

+
Meghan Markle completa 40 anos: Veja cinco papéis da duquesa de Sussex na TV e no cinemaLonge de Hollywood: Veja como estão os atores de O Diário da PrincesaDe vício em games a indicação ao Emmy: Como estão os atores de A ViagemVômito, narrador ridículo e ‘xerecada’: Cinco momentos engraçados das OlimpíadasBárbara, Kelvin e Medina: Atletas brasileiros se envolvem em tretas nas Olimpíadas

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Galvão Bueno merece ganhar um programa aos domingos na Globo?