SAMBA E FUTEBOL

Ex-GloboNews, Sidney Rezende lança rádio online para transmitir futebol em SP

Fotos: Divulgação

Equipe da rádio online SRzd, de Sidney Rezende, durante transmissão de futebol no Maracanã, Rio - Fotos: Divulgação

Equipe da rádio online SRzd, de Sidney Rezende, durante transmissão de futebol no Maracanã, Rio

REDAÇÃO - Publicado em 19/07/2018, às 05h09

Fundador da CBN e âncora da GloboNews durante 19 anos, o jornalista Sidney Rezende lança nesta quinta-feira (18) a sua segunda rádio online, a SRzd São Paulo. Assim como a matriz do Rio de Janeiro, no ar há quatro meses, a versão paulista da emissora terá sua programação baseada no tripé Carnaval, futebol e jornalismo.

Um dos fundamentos da SRzd São Paulo será a transmissão ao vivo de jogos de futebol, diretamente dos estádios. "A proposta é levar para o rádio online o conceito de profissionalismo do rádio tradicional", diz Rezende.

A rádio funcionará no site www.SRzd.com/radioSP. A primeira partida será Santos x Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro, a partir das 19h30 de hoje.

A equipe de esportes foi montada com profissionais egressos da TV e do rádio. Entre eles, estão Marcelo Gomes, narrador e repórter com passagens pela Rádio Globo, CBN e pelo canal de esportes da Sky; Paulo Massini (ex-CBN); Maurício Capela (ex-105 FM e Gazeta AM); e Douglas Araújo (ex-Eldorado/Estadão), além de Raul Machado, responsável pela gestão e editor da rádio.

A cobertura diária de Carnaval, marca do SRzd, site de Sidney Rezende, será outro ponto forte da SRzd São Paulo. Quando não houver transmissões esportivas ou boletins jornalísticos, a programação terá música brasileira, principalmente samba.

Sidney Rezende no estúdio da Rádio SRzd no Rio

A rádio paulista vem na esteira do sucesso da carioca. Lançada em 28 de fevereiro, com a transmissão de Flamengo x River Plate, pela Copa Libertadores, a "emissora" vem aumentando sua audiência a cada mês.

"Os números [de audiência] confirmam a tese de que a internet não é terra de ninguém. É, antes, um local privilegiado daqueles que têm conteúdo a oferecer. O público sabe muito bem identificar isso. As mídias tradicionais vão continuar a existir, só que convergindo para um novo ambiente: a web", explica Rezende.

O jornalista de 59 anos deixou a GloboNews em novembro de 2015, três meses e meio antes do fim do contrato. Ele foi um dos primeiros âncoras do canal de notícias da Globo, lançado em 1996. Cinco anos antes, tinha sido fundador da CBN.

Sua saída da GloboNews foi marcada por um impasse com o diretor-geral de Jornalismo, Ali Kamel. Rezende não concordou com a sugestão de Kamel de distribuir a todos os jornalistas da casa um e-mail comunicando que ele estava deixando o canal a pedido. O apresentador, que pediu para Kamel dizer a verdade, que ele havia sido demitido, acabou ficando sem o tradicional e-mail de despedida do número 1 do jornalismo da Globo.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook