Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Nova plataforma

Apple negocia compra de séries originais para virar nova Netflix

Reprodução/YouTube

Dr. Dre nos bastidores do filme Straight Outta Compton; rapper produz série para a Apple - Reprodução/YouTube

Dr. Dre nos bastidores do filme Straight Outta Compton; rapper produz série para a Apple

REDAÇÃO

Publicado em 12/1/2017 - 15h05

A Netflix e a Amazon estão prestes a ganhar uma concorrente de peso. A gigante dos computadores Apple negocia com produtores de Hollywood a compra de produções originais para virar uma nova plataforma de streaming no mercado de séries, de acordo com reportagem do The Wall Street Journal, publicada nesta quinta (11). A empresa, com valor de mercado de US$ 633 bilhões (R$ 2 trilhões), quer adquirir atrações do nível de Westworld (HBO) e Stranger Things (Netflix), além de produzir conteúdo próprio.

A primeira série feita pela Apple está programada para ser lançada neste ano. Será um drama semiautobiográfico baseado na careira do rapper Dr. Dre, chamado de Vital Signs. Outra atração será uma versão do quadro Carpool Karaoke, retirado do talk show de James Corden e que já faz sucesso no YouTube. O programa terá artistas como Ariana Grande e Will Smith cantando em um passeio de carro. Ainda não há previsão de estreia.

Segundo o Wall Street Journal, a investida da Apple é uma tentativa de recuperar terreno perdido para o Spotify, aplicativo de música que tem dominado o segmento e conseguido um número maior de assinantes do que a Apple Music.

Com séries, a empresa fundada por Steve Jobs pretende oferecer um diferencial para manter assinantes antigos e conseguir novos usuários para a Apple Music. A Apple não planeja investir centenas de milhões de dólares nessa nova empreitada, como a Netflix tem feito, mas priorizar a aquisição de produções de alta qualidade.

As novas séries deverão estar disponíveis aos assinantes que pagam US$ 10 (R$ 31) para ter acesso ao Apple Music _o pacote individual mais caro do Spotify custa R$ 16,90/mês.

Para conseguir ter alguma vantagem nas negociações com os grandes produtores de séries, a Apple promete compartilhar relatórios completos de audiência, algo que a Netflix não faz, nem mesmo com os criadores de conteúdo.


► Curta o Notícias da TV no Facebook e fique por dentro de tudo na televisão

► Siga o Notícias da TV no Twitter: @danielkastro

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?