Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

PAPO SOBRE JOGO

Pyong dá carteirada no Ilha Record, e Negão da BL aponta 'gangues' no reality

REPRODUÇÃO/RECORD

Deitados nas camas do Ilha Record, Pyong Lee e Negão da BL conversam sobre jogo no reality show

Pyong Lee e Negão da BL em conversa após festa no Ilha Record; candidatos discutiram sobre jogo

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 1/8/2021 - 14h14

O episódio de sábado (31) do Ilha Record mostrou como foi a primeira festa do confinamento no litoral. O evento, com o tema "pirata", não causou grandes tretas, mas acendeu farpas entre os competidores. Pyong Lee, que participou do BBB20, deu uma "carteirada" ao discordar de um discurso de Negão da BL. Já o MC apontou a existência de "gangues" no reality show.

Após a festa, o funkeiro de 23 anos conversou com Antonela Avellaneda na cama. A modelo argentina tentou puxar uma conversa sobre estratégias de votação, mas foi cortada por Negão. "Você tem que deixar esse bagulho de jogo pra lá, cara. Você tá muito vidrada com bagulho de jogo", pontuou ele.

"Eu sei que nós estamos em um jogo, mas pra tudo tem um momento. Existiu a festa justamente pra distrair a mente. Não seja uma planta, mas também não queira ser um alvo", aconselhou o MC, que está em sua primeira participação em um reality de confinamento.

Pyong, que assim como Antonela já disputou o Big Brother Brasil, pediu para entrar na conversa e deu uma carteirada de quem é veterano em programas com formato de convivência e eliminação.

"Eu já participei [de reality], eu já competi. Toda a semana alguém vai lá naquela canoa [de eliminação]. Alguém vai vazar. Eu não quero ir nem quero que meus aliados e amigos vão", explicou o mágico.

"O jogo começa coletivo, você leva as pessoas que você mais gosta junto com você, essa questão da lealdade. Lá na frente, a gente começa a fazer algo saudável, mas pra chegar nessa fase a gente tem adversários que estão fechados e não abrem por causa de relacionamentos antes daqui", argumentou Pyong.

Na sequência, a edição mostrou um depoimento de Negão da BL. O funkeiro falou que não concordava com a visão do ilusionista e avisou que identificava os grupos divididos como gangues do Ilha Record.

"O jogo tem gangues. Tem a gangue do Claudinho, do Lucas e da Any. E a gangue do Pyong e do Thomaz. Na gangue do Pyong, a Nadja agora está se aproximando, Antonela, a Valesca... Tudo bem que alianças e aliados pesam, mas parece que é você querendo intoxicar a mente da pessoa. Eu fujo ao máximo. Sou jogador, não vou fechar com um [grupo] pro outro me mirar", justificou o artista.

Assista ao vídeo abaixo:


Saiba tudo sobre reality shows com o podcast O Brasil Tá Vendo

Ouça "#47 - Tudo sobre o Brincando com Fogo Brasil, da Netflix" no Spreaker.


Últimas de Ilha Record

Leia também

Web Stories

+
Como estão Suzane von Richthofen e Daniel Cravinhos 19 anos depois do crime?42 anos depois: Por onde anda o elenco da novela Pai Herói?A Fazenda 13: Sem barracos, Liziane frustra público e é eliminada; veja trajetóriaComo Lázaro Ramos e Taís Araujo: 7 casais formados nos bastidores da GloboSex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a série

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?