Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

PATTY JENKINS

Diretora de Mulher-Maravilha explica saída de filme da Marvel: 'Não poderia falhar'

Reprodução/TBS

Patty Jenkins durante participação no programa Conan

Patty Jenkins durante participação no programa Conan; diretora quase comandou um dos filmes do Thor

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 1/1/2021 - 18h19

Patty Jenkins, diretora dos dois filmes da Mulher-Maravilha estrelados por Gal Gadot, já tem seu nome marcado na história por ser a primeira mulher a comandar um filme de super-herói. Mas ela poderia ter atingido a marca antes. A cineasta tinha sido a primeira escolha da Marvel para Thor: O Mundo Sombrio (2013), mas ela deixou o projeto ainda nos estágios iniciais.

Em entrevista ao podcast WTF, a diretora relembrou a experiência com o estúdio e afirmou que decidiu não seguir no longa por não acreditar na história. Segundo Patty, por ser mulher, ela não poderia falhar.

"Eles [Marvel] queriam fazer uma história que eu não achei que fosse dar certo, e sei que não poderia ser eu ali. Eu não poderia falhar.  Não poderia ser eu que deixaria isso acontecer. Se eles contratassem qualquer cara para dirigir, não seria um grande problema, mas eu sabia em meu coração que eu não faria um bom filme com a história que eles queriam", explicou.

Apesar da breve experiência, Patty afirmou que sempre será grata pela oportunidade recebida.

"Tornou-se público que eu queria dirigir um filme de super-herói e a Marvel --para um filme que não precisa de uma mulher-- me contratou. Então, eu sempre serei muito grata a eles por isso, mesmo que não tenha dado certo no final", concluiu.

Após deixar o filme, Patty foi substituída por Alan Taylor, que não evitou que Thor: O Mundo Sombrio se tornasse um dos filmes mais criticados do Universo Cinematográfico da Marvel por fãs e pela imprensa.

Mulher-Maravilha 1984 está em exibição nos cinemas de todo o mundo e disponível no serviço de streaming HBO Max.


Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.