Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

ESTRUTURA MONTADA

Globo define retorno ao trabalho presencial e oferece auxílio para funcionários

JOÃO COTTA e REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Montagem de fotos com o presidente executivo da Globo, Jorge Nóbrega, e o logo da Globo

Presidente executivo da Globo, Jorge Nóbrega enviou comunicado para os funcionários nesta quarta (3)

DANIEL CASTRO e VINÍCIUS ANDRADE

dcastro@noticiasdatv.com

Publicado em 4/11/2020 - 13h08

A Globo enviou um comunicado para os funcionários nesta quarta-feira (4) com a determinação de que o trabalho presencial nos escritórios da emissora volte a acontecer a partir da próxima semana. Os colaboradores do setor administrativo que continuarem executando suas funções à distância receberão um "auxílio ergonômico" de R$ 750.

O Notícias da TV teve acesso ao comunicado assinado pelo presidente executivo, Jorge Nóbrega. O chefão da Globo diz que o retorno acontecerá aos poucos, em escalas.

"Os colaboradores que puderem e quiserem retornar ao trabalho presencial a partir de 9/11 já podem procurar seus gestores, que vão avaliar os pedidos e definir o sistema de rodízio, visando garantir o distanciamento social, com uma taxa de ocupação de 40% dos nossos prédios", escreve o executivo.

Ele explica que todos os escritórios do setor administrativo já estão preparados para receber os funcionários, de acordo com as normas de segurança. 

"No início do próximo ano, daremos um novo passo. A partir de 4 de janeiro, os colaboradores que ainda estiverem trabalhando remotamente deverão retornar às atividades presenciais: dois dias por semana no local de trabalho e três à distância", determina Jorge Nóbrega.

De acordo com o presidente executivo, esse esquema será adotado até a vacina contra o coronavírus. Os trabalhadores no grupo de risco da Covid-19, como pessoas acima dos 60 anos da idade, gestantes, com doenças crônicas e obesidade, continuarão trabalhando de casa por tempo indeterminado.

O grupo que permanecer longe dos escritórios da emissora vai receber um valor em dinheiro para comprarem itens, como cadeiras, "que permitam maior conforto no trabalho".

"Com o intuito de apoiar os colaboradores que estão desempenhando suas atividades à distância, a empresa pagará um auxílio ergonômico de R$ 750. O pagamento, em parcela única no salário de novembro, será feito somente para esse grupo, que será definido em 16 de novembro", diz o comunicado.

A Globo defende que adotou todas as medidas de prevenção contra a Covid-19 e informa que 90% dos colaboradores que contraíram a doença estão completamente recuperados.

Apesar da volta dos escritórios, retorno nas gravações das novelas e em programas no estúdio, a emissora continua controlando viagens de avião a trabalho e analisa "caso a caso". Segundo o e-mail de Jorge Nóbrega, o esquema de retorno ao trabalho pode ser alterado, caso a situação da pandemia no Brasil mude.


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?