Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

POVO JUDEU

Whoopi Goldberg se desculpa, mas é suspensa da TV por fala sobre Holocausto

DIVULGAÇÃO

Whoopi Goldberg interpreta Mother Abigail em cena da série The Stand; atriz usa camisa branca e está com as mãos unidas perto do peito

Whoopi Goldberg na série The Stand (Starzplay); atriz se envolveu em polêmica com os judeus

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 2/2/2022 - 18h10

O canal de televisão ABC suspendeu Whoopi Goldberg por duas semanas do programa The View após a atriz e apresentadora dizer na última segunda-feira (31) que o genocídio nazista de seis milhões de judeus não foi "uma questão de raça", mas que envolveu "dois grupos de brancos". Com a repercussão negativa de sua fala, a artista usou as redes sociais para se desculpar. 

"Com efeito imediato, suspendo Whoopi Goldberg por duas semanas por seus comentários equivocados e ofensivos", afirmou a presidente da ABC News, Kim Godwin, em comunicado publicado no perfil oficial da empresa no Twitter. 

"Embora Whoopi tenha se desculpado, eu pedi a ela que tire um tempo para refletir e perceber o impacto de seus comentários. Toda a organização ABC News se solidariza com nossos colegas, amigos, familiares e comunidades de judeus".

No programa, Whoopi e os demais apresentadores de The View comentavam sobre um conselho escolar do Tennessee ter proibido uma história em quadrinhos de não ficção sobre a experiência do pai do cartunista Art Spiegelman, sobrevivente do Holocausto.

Única HQ a vencer o Prêmio Pulitzer, o livro retrata judeus como ratos e nazistas como gatos e é considerado uma representação poderosa do assassinato nazista de milhões de judeus durante a Segunda Guerra Mundial (1938-1945).

"Quero dizer, é sobre o Holocausto, o assassinato de seis milhões de pessoas, mas isso não incomodou vocês? Se vocês vão fazer isso, então vamos ser honestos. Porque o Holocausto não é sobre raça", disse a atriz à coapresentadora Joy Behar, que retrucou: "Os nazistas diziam que os judeus eram uma raça diferente".

E a atriz de 66 anos respondeu: "Mas não é sobre raça. Não é. É sobre a desumanidade do homem em relação a outro homem".

"É sobre supremacia branca", retrucou a coapresentadora Ana Navarro. "Mas são dois grupos de pessoas brancas", rebateu a atriz. "No minuto em que você transforma isso em raça, entra nesta vereda. Vamos falar sobre o que é. É sobre como as pessoas tratam umas às outras. É um problema", prosseguiu.

Com o debate acalorado, a atração foi interrompida com a chamada de um intervalo comercial.

Por causa da repercussão negativa de seus comentários, Goldberg pediu desculpas em uma rede social na noite de segunda. "No programa de hoje disse que o Holocausto 'não é uma questão de raça e sim da desumanidade do homem com o homem'. Deveria ter dito que são os dois", escreveu em seu perfil no Twitter. "O povo judeu de todo o mundo sempre contou com meu apoio e isso nunca vai mudar. Lamento o dano que causei."


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.