Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

CLARA MAYA

Sobrinha de Wolf Maya denuncia que filho de Djalminha lhe agrediu e fugiu: 'Covarde'

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Clara Maya em publicidade para seu Instagram em 2019

Clara Maya em publicidade para seu Instagram; sobrinha de Wolf Maya acusa filho de Djalminha de agressão

ELBA KRISS

elba@noticiasdatv.com

Publicado em 27/7/2021 - 17h11

Clara Maya, sobrinha de Wolf Maya, foi às redes sociais fazer uma nova denúncia contra Djalma Junior, filho do ex-jogador de futebol Djalma Feitosa Dias, o Djalminha. No início do ano, a DJ acusou o rapaz de agressão e assédio. Agora, ela delata que o herdeiro do craque escapou para a Bahia com a ajuda de parentes. "Há sete meses luto pela minha saúde mental e moral depois de ser covardemente agredida por esse covarde. Ele e sua família seguem fugindo", desabafou.

Em dezembro último, Clara registrou boletim de ocorrência na 43ª Delegacia de Polícia, em Guaratiba, no Rio de Janeiro, contra Junior. Em depoimento, ela relatou ter sofrido a violência durante uma festa do ex-jogador. A DJ, foi chamada para tocar no evento por ser amiga da família. A celebração aconteceu em 13 de dezembro em um sítio em Ilha de Guaratiba, na Zona Oeste do Rio.

Nos autos, ela declarou que foi assediada pelo rapaz durante toda a noite. Ele teria, inclusive, passado as mãos em suas nádegas. Constrangida, a também atriz finalizou seu trabalho e estava se retirando do evento --ela chamou um carro por um aplicativo. O filho do atleta teria pedido uma carona. Diante de uma negativa, ele teria jogado uma bebida no rosto da jovem de 23 anos.

Clara Maya: publicação no Instagram da DJ sobre Junior na Bahia (Foto: Reprodução/Instagram)

Às autoridades, Clara contou ter pedido socorro ao próprio Djalminha, que a levou até o carro. No entanto, o filho do ex-jogador teria seguido os dois, dado dois socos no rosto da artista e entrado em luta corporal com o próprio pai.

Meses após pedir investigação do caso, a sobrinha do diretor se mostrou desesperada nas redes sociais. Nesta terça-feira (27), via ferramenta Stories de seu Instagram, ela foi às lágrimas ao denunciar que Junior estava em Caraíva, na Bahia, sendo que deveria estar no Rio de Janeiro para prestar contas à polícia.

"Eu não aguento mais ver meus amigos comentando as fotos [de Junior], fingindo que nada aconteceu. Eu não aguento mais vê-los [familares] felizes, fingindo que nada aconteceu. Eu preciso que todo mundo me apoie e compartilhe. Eu preciso do apoio de vocês", exclamou na gravação.

Em um longo texto publicado na plataforma, Clara relatou que os pais do jovem sabem de seu paradeiro e compartilham, inclusive, fotos na internet. "Esse é um pedido de ajuda. Você que é meu amigo, seguidor e fã: eu estou revoltada! Há sete meses luto pela minha saúde mental e moral depois de ser covardemente agredida por esse covarde da foto: Djalma Junior. Que conheço há dez anos, por ser irmão de uma escrota que um dia já chamei de melhor amiga. A história é indigesta, está exposta em detalhes em outro post e em vários veículos de comunicação", iniciou.

"Esse menino me agrediu brutalmente depois que me neguei a ficar com ele numa festa de aniversário de seu pai, Djalma Dias, que é muito conhecido, e por isso ele acha que vai ficar impune. Depois do ocorrido, seu pai me pediu desculpas, como mostra no vídeo. Só que o cenário atual é outro: ele está foragido da polícia, se escondendo em Caraíva, tentando obstruir a Justiça", continuou.

Em seu desabafo, a artista também acusa o ex-jogador de mentir em declarações oficiais à Polícia. "Seu pai, outro covarde, prestou depoimento na delegacia afirmando que o filho não me agrediu e que eu que o agredi. Está achando pouco? Esse nojento é um agressor compulsivo de mulheres, tendo outras vítimas em seu histórico, condenado pela Justiça e proibido de sair do Estado do Rio de Janeiro. E deveria prestar satisfação na delegacia a cada 15 dias conforme foi mandado pelo juiz do caso de agressão de sua ex", relatou.

Djalminha e Junior em 2019: filho acusado de agressão e assédio (Foto: Reprodução/Instagram)

"E, mesmo assim, ele e sua família seguem fugindo e o acobertando de tudo. Eu não aguento mais ver amigos em comum fingindo que nada aconteceu. Não aguento mais. O mundo precisa saber a cara desse agressor. Eu não vou me calar, não vou parar enquanto a Justiça não for feita", finalizou.

Ao Notícias da TV, Clara contou que tem recebido relatos de turistas e pessoas que moram em Caraíva sobre o paradeiro de Junior. No entanto, quem tem Djalminha e o filho no Instagram pode ver que o clã mantém uma rotina tranquila no ponto turístico. "A cara de pau é tão grande que eles compartilham [nas redes sociais]", observa.

"Além de tudo, estão vivendo nessa impunidade. Enquanto eles estiverem impunes ou achando que nada vai acontecer, vou continuar me movimentando e acionando todos à minha volta, alertando para o perigo que essa pessoa é para as mulheres. Não vou descansar. Essa é minha missão", declara.

Sylvio Guerra, advogado de Clara, acrescentou que, diante da situação, protocolou em 21 de julho uma petição pedindo que seja cumprida a "prisão preventiva já requerida pela autoridade policial". "Estou aguardando a decisão do juiz sobre esse meu requerimento. Estou pedindo a prisão dele, pois o próprio delegado já requereu", explica.

A reportagem teve acesso ao documento registrado na 2ª Vara Criminal Regional de Santa Cruz, no Rio de Janeiro. Nos autos, consta que Junior foi "devidamente intimado em três oportunidades a comparecer à 43º Delegacia de Polícia de Guaratiba. Porém, o mesmo não compareceu, e na tentativa de eximir-se de suas responsabilidades comunicou uma 'mudança de residência'".

Para a defesa, a movimentação trata-se de uma "clara tentativa de dificultar e obstruir a investigação criminal e a consequente ação penal".

A reportagem entrou em contato com Djalminha para comentar o caso, mas não obteve retorno até o fechamento deste texto. Diego Dias, irmão de Junior que reside em Caraíva, foi procurado, mas não se manifestou.

Veja publicações de Clara Maya sobre a denúncia de fuga:

Confira publicação de Clara Maya com a denúncia de agressão: 


Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Elenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novelaOutubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mamaAlém de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na políticaApós derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreram

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas