Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

PODE ISSO?

Namorado de Marina Ruy Barbosa usa R$ 120 mil de verba pública em site desativado

REPRODUÇÃO/CÂMARA DOS DEPUTADOS e REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Guilherme Mussi de terno azul, falando ao microfone, e Marina Ruy Barbosa com uma blusa azul e branca, posando para ensaio de moda

Guilherme Mussi e Marina Ruy Barbosa; deputado federal usou verba pública para site inativo

O deputado federal Guilherme Mussi (PP), namorado de Marina Ruy Barbosa, usou R$ 120 mil de verba pública para investir em seu site pessoal. O problema é que sua página está em manutenção há mais de um ano e não traz informações a respeito do trabalho do parlamentar.

Desde o início de seu atual mandato, em janeiro de 2019, Mussi paga mensalmente a quantia de R$ 10 mil à agência A7 Marketing. Em suas declarações de prestação de contas de verba de gabinete, o deputado diz que a empresa é responsável pela divulgação de sua atividade parlamentar.

De acordo com o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, a A7 Marketing foi contratada para o "desenvolvimento e a alimentação do site do deputado", além de gerenciar suas redes sociais, criar conteúdos para os perfis e monitorar as notícias que são publicadas sobre o namorado da atriz da Globo.

O site pessoal de Mussi, no entanto, está "em manutenção" há quase um ano. A última atualização foi feita em 8 de agosto de 2020, e desde então exibe apenas a seguinte mensagem: "Um novo site está sendo preparado. Acompanhe as minhas redes sociais e fique por dentro de todas as ações de meu mandato".

De acordo com a plataforma WayBaccMachine, que consegue mapear as atualizações de milhões de sites em todo o mundo, o site de Mussi teve duas alterações feitas neste ano e quatro em 2020. Nenhuma delas, no entanto, foram significativas e tampouco trouxeram qualquer tipo de informação a respeito do trabalho do deputado.

O Notícias da TV procurou o gabinete de Guilherme Mussi, mas as ligações não foram atendidas. A Lauro Jardim, foi informado que a verba paga à A7 Marketing faz outros trabalhos para o deputado, como a criação de conteúdo para seu perfil no Instagram. Mas em julho, houve apenas sete publicações em sua timeline, o que daria em média R$ 1.500 por post.


Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabiaElenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novelaOutubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mamaAlém de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na política

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas