Religiosa

Missionária, bailarina do Faustão oferece ajuda a viciados da Cracolândia

Reprodução/TV Globo

Juliana Olimon sorrindo

Juliana Olimon faz parte do Balé do Faustão e é missionária na igreja que fundou, o Projeto Crescente

REDAÇÃO - Publicado em 29/11/2019, às 10h35

Além de se aplicar aos ensaios para se apresentar aos domingos, a bailarina do Faustão Juliana Olimon se dedica a missões religiosas. Ela começou a estudar a Bíblia no ano passado e fundou um grupo com amigos voltado a cultos e reuniões. Líder do Projeto Crescente, a artista propõe ações como doação de alimentos e até ajuda viciados da Cracolândia em busca de tratamento.

Em entrevista ao Gshow, a bailarina do Domingão do Faustão, contou que passou por momentos difíceis, e foi nesse período que decidiu buscar Deus para completar o vazio que sentia. Lendo a Bíblia e participando de grupos de estudos, se juntou a outras pessoas, e nasceu o Projeto Crescente, em que ela é uma das líderes e missionária.

Além dos cultos e reuniões, os membros da igreja realizam projetos que buscam levar mais dignidade e esperança para as pessoas necessitadas. "Vamos para a rua levar comida, oferecemos ajuda para quem quer se recuperar em clínicas", diz ela referindo-se aos viciados da Cracolândia, como é conhecida a área, nas redondezas da região da Luz, em São Paulo, freqüentada por viciados em crack.

Morando em São Paulo, em um apartamento com mais três amigas, Juliana divide seu tempo entre os ensaios do balé, o curso de Estética e o Projeto Crescente. "É uma igreja onde a gente se reúne, recebe as pessoas, faz estudos bíblicos, ora por quem precisa. É maravilhoso!", comenta.

Antes de chegar ao balé principal do programa da Globo, Juliana fazia algumas participações no quadro Ding Dong em 2018. Logo fez o teste e entrou para o time titular do Domingão. Para ela, 2018 foi o ano que realmente mudou sua vida. "Acredito que foi por causa da minha busca constante por Deus", avalia.

A bailarina também se dedica ao curso de Estética, no qual se forma no próximo ano. "Ano que vem me formo, e um dos meus sonhos atualmente é construir minha clínica, ter meu negócio e ficar totalmente independente", revela.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você está gostando de Amor de Mãe?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook