Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

'NOVELA ABSOLUTA'

Márcio Canuto driblou sogra durona e goleou coração de miss: 'Juntos há 23 anos'

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Márcio Canuto sorri ao receber beijo na bochecha da mulher, a ex-miss Alagoas Libia Mafra

Márcio Canuto ganha beijo de Libia Mafra: casal alagoano mora em São Paulo e está junto há 23 anos

LUIZA LEÃO e GABRIEL VAQUER

luiza@noticiasdatv.com

Publicado em 29/11/2021 - 6h50
Atualizado em 29/11/2021 - 11h30

Para viver sua história de amor com Libia Mafra, Márcio Canuto, de 75 anos, precisou driblar algumas adversidades da vida --como a sogra durona e um casamento arranjado para a sua eleita. Após anos de cartão amarelo, o jornalista marcou uma goleada no coração da Miss Alagoas 1970, com quem divide a vida há 23 anos.

"É uma história muita bonita de amor", define o ex-aposentado da Globo, que decidiu voltar à ativa para a cobertura do Campeonato Paulista pela Record, em 2022. 

Ao Notícias da TV, o alagoano relembra que a relação dele com Libia começou na juventude, quando eles estudaram juntos para o vestibular e tiraram excelentes notas na redação. A então miss era muito "cotada" no Estado, e o estudioso não teve vez com a referência de beleza por implicância da sogra.

"Como eu trabalhava em rádio, naquela época não tinha boa fama. Ela [a sogra], então, dizia: 'Não vai casar com um radialistazinho'... Radialistazinho sou eu, de 1,91 m. Um radialistazão até podia ser", relembra, aos risos.

A viúva, que já torcia o nariz para os flertes dos dois, fez ainda pior e agiu como as megeras das novelas. "Ela tirou a Libia da cidade, mandou para outro lugar. Naquela época não tinha celular, não tinha nada. Ainda mandou o ex-noivo de Libia ir atrás. Ela já voltou com o casamento marcado. Novela, novela absoluta", conta.

Ao saber do casamento arranjado, Márcio ainda tentou esperar pela miss, que quis desfazer o matrimônio após dois meses, quando a mãe empata-amor morreu. "O compromisso dela era com a mãe", justifica.

Ainda assim, o final feliz não veio naquele período: Libia descobriu que estava grávida. Márcio, sem chance de ser amado, tocou o barco. Casou-se com outra mulher, Tereza, com quem teve Pedro e Mariana Canuto. 

O final da história poderia ter sido com cada um construindo a própria família. E foi, até que a carreira profissional de Márcio ganhou uma nova sede. No fim dos anos 1990, o jornalista recebeu o convite para trabalhar em São Paulo, na mesma época em que Libia, sem saber da chance de reencontrar o amor em outro Estado, pedia o divórcio do seu casamento.

"A Libia teve coragem de chegar na reunião da família, sem falar comigo, eu não sabia de nada, e dizer: 'Vocês todos aqui sabem que minha grande paixão é por Márcio Canuto. Então, estou dizendo que vou deixar essa casa para tentar reencontrar o amor dele'", narra o alagoano.

Após vencer a solidão paulistana com danças solitárias em casa ao som de James Brown (1933-2006) e Elvis Presley (1935-1977), Márcio Canuto reencontrou o amor da juventude. "É porque a gente se realimenta, entendeu? Dona Libia já estava escrita na Bíblia de Josafá", defende.

Antes do papo com o Notícias da TV, Libia invadiu a entrevista e justificou o porquê de estar casada com Márcio desde 13 de maio de 1999: "Dizem que ele não tem juízo, mas o meu é menor ainda por eu estar com ele", brinca.

TUDO SOBRE

Márcio Canuto


Leia também

Enquete

Você gostou de Tadeu Schmidt no comando do BBB22?

Web Stories

+
BBB 22: Luciano sabota sonho da fama e se frustra com número de seguidoresFinal de Malhação na Globo tem sequestro, incêndio e final feliz; saiba tudoPor que Ludmilla e Anitta brigaram? Entenda a treta que respingou no BBB 22BBB22: Cinco vezes em que Naiara Azevedo atraiu o ranço do público na primeira semanaFaustão na Band abala concorrentes com ibope histórico e equipe provoca Record

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas