Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

'NÃO TÁ NORMAL'

Há cem dias sem trabalhar, Valesca Popozuda desabafa sobre Covid-19: 'Tô chorando'

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Reprodução de imagem de Valesca Popozuda em ensaio no Instagram

Valesca Popozuda em ensaio no Instagram; funkeira criticou descumprimento das medidas de isolamento social

REDAÇÃO

Publicado em 24/6/2020 - 17h26

Valesca Popozuda desabafou nesta quarta-feira (24) sobre como o novo coronavírus (Covid-19) tem mudado a sua vida. A funkeira disse que está há cem dias sem trabalhar, criticou o descumprimento das medidas de isolamento social por artistas e anônimos e se emocionou ao relembrar o número de mortes devido à pandemia: "Tô chorando".

"Estou há cem dias sem trabalhar, sou autônoma como muitos! Minha empresa sou eu! Meu setor é um dos mais prejudicados. Diferentemente de alguns colegas de trabalho, eu não tenho empresa para financiar uma live e me pagar por isso, continuo sem furar o isolamento", afirmou a funkeira no início do desabafo feito no Twitter.

Em seguida, ela criticou os shows virtuais que promovem aglomerações nos bastidores: "Vejo meus colegas ganhando muito bem para fazer live, furar quarentena. Fazem lives que aglomeram tanto quanto uma social de blogueira".

No desabafo, Valesca contou que está "morrendo de vergonha" por causa do avanço da doença no Brasil. "Infelizmente, não soubemos fazer isolamento. O vírus matou mais de 50 mil e não temos um plano efetivo que funcione. O mundo tá isolando a gente", comentou ela.

Ela também pediu para seus seguidores cumprirem as recomendações dos órgãos de saúde. "Não vamos ser cegos, nosso país infelizmente só volta ao 'normal' quando a vacina estiver 90% aplicada por aqui. Até lá, muita gente vai morrer, muitos vão continuar furando [a quarentena], e outros fingindo que é apenas uma 'gripezinha'", opinou.

"E sim, tô chorando! Não queria admitir, eu vim aqui desabafar porque não queria chorar, mas eu tô chorando. E não é por falta de dinheiro, de shows, não é isso! É porque passamos de 50 mil mortos e vários lugares estão reabrindo como se estivesse tudo normal! Não tá normal!", concluiu a funkeira.

Confira as postagens com o desabafo de Valesca Popozuda:

Prêmio NTV Melhores do ano

Leia também

Enquete

Quem foi o(a) melhor jornalista/comentarista esportivo do ano?

Web Stories

+
Mansão nova, presença VIP e publis: Saiba tudo sobre a carreira de Deolane BezerraÚltima temporada de La Casa de Papel: Após o fim, série já tem spin-off confirmadoFicção virou realidade: Casa de Esqueceram de Mim é aberta ao público; veja fotosDivórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabemJuan Paiva rouba a cena em Um Lugar ao Sol; conheça a história do ator

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas