Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ALÉM DO GUARDA-ROUPA

Ex-BBB Pyong Lee estreia como ator em série sobre K-pop da HBO Max

REPRODUÇÃO/RECORDTV

O hipnólogo Pyong Lee no Ilha Record de camiseta vermelha, em frente à praia, no reality Ilha Record

O hipnólogo Pyong Lee no Ilha Record; ele fará parte do elenco de uma série da HBO Max

FERNANDA LOPES

fernanda@noticiasdatv.com

Publicado em 22/4/2022 - 8h30

Após dar o que falar em reality shows como o BBB 20 e o Ilha Record, Pyong Lee fará sua primeira participação numa série. O hipnólogo vai atuar em Além do Guarda-Roupa, série da HBO Max em que parte do elenco é coreano. A atração contará a história de uma adolescente que descobre um portal mágico em seu próprio quarto, pelo qual encontra seus ídolos de uma banda de K-pop.

Além do Guarda-Roupa foi anunciada como o primeiro dorama brasileiro produzido pela HBO Max. Dorama é o termo utilizado para caracterizar produções de teledramaturgia japonesas ou coreanas. 

A atração da HBO Max acompanhará Carol (Sharon Blanche), uma brasileira de 17 anos que sonha em ser bailarina e quer distância de tudo que remete à Coreia, pois sente muita mágoa de seu pai, coreano, que lhe abandonou. Ela descobre, então, que seu guarda-roupa é um portal para o dormitório do ACT, maior grupo de K-pop (música pop coreana) do mundo. A partir de então, a vida dela muda totalmente. 

De acordo com a colunista Patricia Kogut, do jornal O Globo, Pyong Lee interpretará o empresário que cuida da carreira da banda. Os integrantes do ACT serão interpretados pelos astros coreanos Kim Woojin, Jin Kwon, Lee Min Wook e Jae Chan.

A série começou a ser gravada nesta semana no bairro do Bom Retiro, no centro de São Paulo, região que concentra boa parte dos imigrantes coreanos no Brasil. Ainda não há previsão de estreia para a atração na plataforma de streaming. 


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.