EM LIVRO

Ex-banheira do Gugu revela abuso na infância, aborto e sexo com Márcio Garcia

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

A ex-banheira do Gugu Solange Gomes durante jantar beneficente no Rio; ela lança biografia dia 30 - REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

A ex-banheira do Gugu Solange Gomes durante jantar beneficente no Rio; ela lança biografia dia 30

GISELE ALQUAS - Publicado em 24/07/2019, às 05h16

Uma das mulheres mais desejadas do Brasil na década de 1990, Solange Gomes decidiu contar sua história em uma autobiografia intitulada Solange Gomes - Sem Arrependimentos. No livro, com 452 páginas, a ex-modelo revela dramas que viveu, como abuso sexual na infância e abortos em clínicas clandestinas, e fala de relacionamentos amorosos com famosos, como quando fez sexo a três com Márcio Garcia e o irmão dele, Marcelo.

Com lançamento no próximo dia 30, no Rio, Solange afirma que vai expor muitos nomes de pessoas envolvidas em suas histórias e ocultar outros por precaução. A biografia, da editora Livros Ilimitados, começa com um capítulo sobre o abuso que sofreu de uma pessoa próxima da família quando ela tinha apenas nove anos.

"É algo que aconteceu comigo e que nunca tinha contado para ninguém. Estava no carro com esse homem, que era taxista, e com o meu primo. Paramos no estacionamento de um parque para meu primo comprar pipoca. Ficamos eu e esse homem no carro quando ele começou a falar que um cachorro tinha passado pulga para ele. Nisso ele abaixou as calças, mostrou o pênis e pediu para eu coçar. Cheguei a colocar a mão, mas depois falei que era errado", revelou ela em conversa com o Notícias da TV.

Como o homem era próximo da família, Solange disse que não contou para a mãe por medo da reação dela. "Hoje ela sabe. Foi muito marcante para mim. Ele era uma pessoa de confiança. Nunca deixei esse homem chegar perto da minha filha até hoje. Não falo o nome dele no livro em consideração à minha mãe", disparou.

Capa do livro de Solange Gomes (Divulgação)

Solange Gomes se destacou no Carnaval de 1999 ao surgir no desfile da Salgueiro na Marquês de Sapucaí com os seios de fora, tomando banho em um carro alegórico.

Três anos antes, ela havia estampado a capa da revista Playboy. Foi nesta época que conheceu Márcio Garcia, como contou à colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia. Ao Notícias da TV, a ex-banheira do Gugu deu detalhes da noite quente em família. 

"Foi em 1997. Eu era amiga do Marcelo, a gente malhava na mesma academia. Ele tinha comprado uma casa e me convidou para a festa de inauguração. Lá, o Márcio me chamou para conhecer o andar de cima da casa e ficamos no quarto. No meio [da transa] escutei um barulho e, quando vi, o Marcelo tinha escalado a sacada. Levei um susto. E o Márcio chamou o irmão para participar [do sexo]. Éramos todos solteiros", frisou.

Solange disse que voltou a se relacionar com os irmãos, separadamente, mas depois acabou perdendo o contato com os dois.

Abortos e assédio de famosa

Solange Gomes revela na biografia que fez dois abortos, o primeiro aos 15 anos e o segundo aos 21. Ela não se arrepende. "Na época não tinha condições, não tinha cabeça, era muito jovem, estava começando. Realizei os dois abortos em clínicas clandestinas. Foi bem difícil", relatou ela.

Entre os nomes que Solange preferiu ocultar do livro, está o de uma famosa que quis ficar com ela na época em que as duas trabalhavam como modelos. No livro, a ex-modelo se refere à colega apenas como Sombra.

"Ela tentou ter um romance comigo. Estávamos hospedadas no mesmo quarto de hotel. Certa vez, quando saí do banho, ela estava sentada na cama com as pernas abertas querendo ficar comigo. Vê se pode, claro que não rolou", relembrou Solange, que disse ainda que a modelo era invejosa.

"Tudo que eu fazia ela queria fazer, todo homem que eu tinha ela queria ter. E queria meu lugar na Banheira [do Gugu], o meu lugar no Carnaval. Ela era muito conhecida na época também. As pessoas que lerem o livro vão sacar quem é", adiantou.

REPRODUÇÃO/SBT

Solange Gomes com o pagodeiro Waguinho na época em que participava da Banheira do Gugu


O sucesso na Banheira do Gugu

Em 1999, depois do sucesso na Playboy e no Carnaval, Solange foi considerada por Gugu Liberato a substituta perfeita para Luiza Ambiel, que havia sido "aposentada" da Banheira do Domingo Legal, apresentado por Gugu no SBT de 1993 a 2009.

O quadro, em que famosos tentavam encontrar sabonetes na banheira enquanto eram impedidos por uma beldade, fazia tanto sucesso que artistas pediam para participar. Pagodeiros, roqueiros e sertanejos de sunga, além de modelos e atrizes saradas de biquíni, batiam ponto nas tardes de domingo do SBT.

Claro que essa parte da vida de Solange terá um capítulo especial no livro. Até porque ela foi muito exposta na época com uma história paralela ao trabalho na TV. No fim de 1999, no auge, a ex-modelo engravidou do pagodeiro Waguinho. Os dois brigaram durante anos na Justiça por causa de pensão da filha, que hoje está com 19 anos. Segundo Solange, ela vai revelar histórias que até Waguinho desconhece.

O único arrependimento da ex-modelo foi não ter voltado ao Domingo Legal após a gravidez. "Eu tinha 25 anos e achava que meu mundo tinha acabado. Não tinha como ficar no quadro da banheira estando grávida, mas deveria ter conduzido melhor minha saída, ter pedido ao Gugu para voltar. Fiquei esperando as coisas acontecerem e não aconteceram", lamentou ela.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você gostou de Órfãos da Terra?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook