Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

'ERREI EM JULGAR'

Ex-atriz da Globo pede perdão após duvidar do celibato do padre Fábio de Melo

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Montagem com Elisa Lucinda e Padre Fábio de Melo

Elisa Lucinda e Padre Fábio de Melo; ex-atriz da Globo pediu perdão ao religioso após comentário

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 29/10/2021 - 17h58

A atriz Elisa Lucinda se arrependeu do comentário no qual questionava o celibato do padre Fábio de Melo e pediu desculpas ao religioso. Nesta sexta-feira (29), a intérprete de Pérola em Mulheres Apaixonadas (2003) disse que errou em seu julgamento e que marcou um café com o novo contratado do Domingão com Huck.

"Só para não deixar mais dúvidas: errei em julgar previamente nosso querido padre Fábio de Melo, ainda que eu seja uma crítica do celibato como regra. Tenho conversado pessoalmente com ele e está tudo bem. Combinamos um café", escreveu a atriz no Twitter.

No Instagram, ela compartilhou uma foto com o posicionamento anterior e complementou: "Perdão, não quero guerra. Ainda mais com
este padre que tem uma pregação do evangelho tão libertadora".

Em seu perfil no Instagram, o padre não falou abertamente sobre o caso, mas compartilhou um sermão sobre preceitos religiosos. "Sim, em muitos momentos da vida, por mais que isso pareça estranho, nós só faremos o que é certo cumprindo o novo preceito estabelecido por Jesus, se tivermos a coragem de fazer o que é errado", escreveu o amigo de Luciano Huck.

"Perfeito. Não faz sentindo que um homem sofra por contra do preceito, Lindo isso, uma libertação", comentou Elisa na publicação.

A polêmica começou na terça-feira (26), quando Elisa opinou sobre a ausência de um relacionamento humano e sexual do religioso. "Tô te achando muito boy e sedutor. Sou contra o celibato. Com todo o respeito que tenho, não acredito no teu", escreveu a atriz na ocasião.

Confira as publicações:


Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.