Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

Aniversariante do dia

Em 75 anos, Susana Vieira mudou visual, status e até nome; relembre

Divulgação/Globo

Susana Vieira em sua primeira novela na Globo e no lançamento de Os Dias Eram Assim - Divulgação/Globo

Susana Vieira em sua primeira novela na Globo e no lançamento de Os Dias Eram Assim

REDAÇÃO

Publicado em 23/8/2017 - 5h25

Todas as vezes em que aparece em entrevistas, depoimentos ou publicações nas redes sociais, Susana Vieira faz questão de mostrar que não se encaixa no estereótipo de uma senhora idosa. A atriz, que completa 75 anos nesta quarta (23), insiste em transmitir jovialidade. Ela mudou muito em seus 55 anos de carreira na TV. Até o nome.

Filha de militar e formada em balé clássico, Susana, que nasceu Sônia, suou para conseguir se destacar e conquistar prestígio na Globo. No início da carreira, passou noites estudando textos e pedindo papéis em novelas.

Na Globo desde 1970, teve papéis completamente diferentes _tanto quanto os cabelos de suas personagens. Relembre as transformações de Susanita:

divulgação/globo

Susana Vieira em cena da novela Anjo Mau (1976), na qual interpretou uma simples babá

Mudança de status
No início da carreira, Susana trabalhava no corpo de baile de programas musicais na TV Tupi. Destaque entre as dançarinas, ela trocou os palcos por estúdios de teleteatro, nos quais trabalhou durante seis anos. A estreia em uma novela da Globo e o início da fama só aconteceram em 1970, com muito esforço e pouco glamour. "Namorava no ônibus com Cláudio Marzo, a gente era pobre", contou à Folha de S.Paulo.

Hoje, o status de Susana mudou. Musa de uma escola de samba, ela vive em uma mansão, tem filhos que moram no exterior e faz questão de dizer a todos o quanto é bem cuidada e querida pelo público. Já declarou, por exemplo, que seu cabelo vale R$ 6 mil.

agnews

Susana Vieira ao lado de Sandro Pedroso, o último namorado que assumiu publicamente

Mudança de namorado
Cláudio Marzo (1940-2015) foi um dos primeiros namorados que Susana Vieira teve nos bastidores da TV. A atriz disse à Folha de S.Paulo que o pai a proibia de namorar gente da televisão. O que, logo de cara, ela não cumpriu: antes de Marzo, Susana ficou com Amilton Fernandes, conhecido como galã da novela O Direito de Nascer (1964). Ela foi casada com o ator e diretor Régis Cardoso de 1961 a 1972 e com o empresário Carson Gardeazaba de 1986 a 2003.

Depois da última separação, Susana passou a investir em homens mais jovens. Teve um conturbado relacionamento de dois anos com o ex-policial Marcelo Silva (encontrado morto em 2008 por overdose de cocaína). O último namoro sério foi com o ator Sandro Pedroso, hoje com 33 anos. Susana está solteira, mas é frequentemente vista com affairs em eventos no Rio de Janeiro.

divulgação/globo

Cabelos da atriz na novela Um Sonho a Mais (1985) e na minissérie Chiquinha Gonzaga (1999)

Mudança de visual
O cabelo de Susana já passou por muitas transformações na TV. Ela começou a carreira na Globo como loira, em Pigmaleão (1970), e estourou no Ibope ainda com os cabelos claros, como a Nice de Anjo Mau (1976). Nos anos seguintes, Susana ficou morena e ruiva, teve cabelo liso e cacheado, comprido até a cintura ou bem curtinho.

"Eu tenho mega hair. É natural, dizem que são de virgens gaúchas criadas naquelas cidades montanhosas. Por isso que o preço é mais caro", brincou, em entrevista ao Vídeo Show.

divulgação/globo

Susana Vieira nas gravações das novelas  O Espigão (1974) e Senhora do Destino (2004)

Mudança de papéis
Hoje consagrada na teledramaturgia, Susana Vieira teve de se empenhar bastante para conseguir prestígio na Globo. Em 1974, ligou para o autor Dias Gomes para pedir um papel e aceitou o que tinha, mesmo sendo diferente das personagens jovens e sedutoras que ela costumava interpretar. Resultado: ganhou o prêmio de melhor atriz na APCA (Associação de Críticos Paulistas) pela performance como Tina Camará em O Espigão (1974).

Anos depois, Susana voltou a se desdobrar para entregar bem um papel. "Se eu não tivesse tido A Sucessora na minha vida, não seria a atriz que eu sou hoje. Aquilo foi uma escola, eu estudava a noite inteira. O texto do Manoel Carlos é dificílimo", contou sobre a trama de 1978 ao site Memória Globo.

Com quase 50 anos de Globo, como ela adora repetir, Susana tem no currículo personagens fortes, como a Maria do Carmo de Senhora do Destino (2004), a Branca de Por Amor (1997) e a Rubra Rosa de Fera Ferida (1993).

Atualmente, está no ar como a vilã Cora de Os Dias Eram Assim, e já no lançamento da novela prometeu que sua performance seria mais uma vez memorável. "O que podem esperar de mim nesse trabalho? Uma maravilha! Podem esperar que eu me supere como atriz", declarou, nada modesta.

divulgação/globo

Susana em cena de O Bofe (1972); até de nome ela mudou para ter sucesso como atriz

Mudança de nome
Na certidão de nascimento, Susana Vieira até existe, mas é outra pessoa. A atriz na verdade se chama Sônia, e decidiu adotar o nome de sua irmã (que de fato se chama Suzana, com Z) como seu nome artístico, por achar que soava melhor.

A Suzana Vieira até tentou a carreira de atriz também e fez novelas no início dos anos 1970, mas acabou seguindo carreira como secretária. "Se me chamarem de Sônia eu não ouço, não olho, porque é muito difícil. A minha vida, toda a minha vida criativa e memória de vida, é como Susana Vieira", disse ao Memória Globo.

Prêmio NTV Melhores do ano

Leia também

Enquete

Qual foi o melhor telejornal ou programa jornalístico do ano?

Web Stories

+
Gui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembreDe série na Netflix a aposentadoria: Por onde anda o elenco de O Cravo e a Rosa?Vladimir Brichta contracena com a filha em Quanto Mais Vida, Melhor; veja outros casosConfinado em A Fazenda 13, Dynho não sabe que Mirella pediu divórcio; como fica o caso?Quanto Mais Vida, Melhor enfrentou perrengues mesmo antes de estrear; conheça a trama

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas