GINASTA E INFLUENCIADOR

Diego Hypólito vira garoto-propaganda de lubrificante íntimo: 'Muito mais liberto'

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

O ginasta Diego Hypólito, de 33 anos, em foto publicada no seu Instagram

Diego Hypólito disse que se sente mais livre depois de ter assumido publicamente sua homossexualidade

REDAÇÃO - Publicado em 18/11/2019, às 14h48

Diego Hypólito foi anunciado como garoto-propaganda de uma marca de lubrificante íntimo. O ginasta olímpico de 33 anos se assumiu homossexual há pouco mais de seis meses e afirmou que, desde então, se sente "muito mais liberto" para ser quem ele é. Esse é justamente o conceito da campanha publicitária lançada neste mês.

"Depois do momento em que eu decidi ser o Diego Hypólito de verdade, fora das câmeras, eu me senti muito mais liberto. O K-Y está ligado à felicidade e eu estou ligado à felicidade, eu sou o Diego o tempo todo, eu tenho as minhas intimidades e posso ser eu trazendo o lubrificante íntimo junto comigo", disse o atleta, em comunicado divulgado pela marca à imprensa.

No vídeo de um minuto da campanha, Hypólito narra um texto sobre a importância de "se conhecer" e "se permitir" enquanto aparecem imagens de homens, mulheres, de uma drag queen, de um casal e do próprio Diego dançando.

Assista abaixo:

Diego Hypólito admitiu que se assustou com a repercussão que sua saída do armário teve na mídia. "Vivemos em um mundo com muitos rótulos, e não é comum alguém perguntar se uma pessoa é ou não hétero. Nunca tinham me perguntado antes. Jamais imaginei essa confusão, até porque todo mundo que convivia comigo sabia sobre a minha sexualidade", disse em entrevista ao Notícias da TV, em julho.

Aliviado, ele também disse que tem sobrevivido aos ataques dos haters nas redes sociais. "Não me sinto mais incomodado com nada. O que eu mais aprendi nos últimos tempos é respeitar as pessoas, ter educação e propagar o amor."

O ginasta não competiu nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, mas trabalhou como comentarista contratado pelo SporTV. Ele pretende encerrar a carreira de atleta no ano que vem, depois dos Jogos Olímpicos de Tóquio, para tentar uma carreira como cantor.

"A música sempre foi um refúgio, o meu lugar de paz. Até um tempo atrás, ninguém sabia que eu cantava, só que aos poucos fui tomando coragem. Hoje, me sinto seguro para cantar.  Até o ano que vem a prioridade é a ginástica artística, mas depois quero ver o que vai dar", projetou Diego.

Tudo sobre

SporTV

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook