ENERGIA SOLAR E ÁGUA DE REUSO

Conheça a mansão ecologicamente correta da repórter Sônia Bridi, do Fantástico

REPRODUÇÃO/GNT

Montagem de fotos com a jornalista Sônia Bridi, da Globo, e a fachada da casa onde ela mora

Sônia Bridi mostrou a residência onde mora, no Rio de Janeiro, para o programa Casa Brasileira, do GNT

REDAÇÃO - Publicado em 31/05/2020, às 06h48

Uma das principais repórteres da Globo, Sônia Bridi mora em uma mansão na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro, cercada por verde e com vista para a Pedra da Gávea. A casa onde ela vive com o marido Paulo Zero, que também trabalha para a emissora, mas como repórter cinematográfico, foi construída com todos os cuidados ecológicos dentro de um condomínio fechado.

Reconhecida por pautas sobre questões ambientais e climáticas, tendo comandado séries especiais para o Fantástico, como Terra, que Tempo É Esse? (2010), Planeta Terra: Lotação Esgotada (2012) e Jornada da Vida (2014 e 2016), Sônia diz que sempre quis uma casa voltada para o "mato".

"Parece que a gente está no meio de uma mata, mas aqui no condomínio está cheio de vizinhos. A gente queria coletar água da chuva, então você não tem desperdício de água. A água que cai limpa do céu, purinha, a gente usa tudo. Até pra completar água da piscina, a gente usa água de reuso", disse ela para o programa Casa Brasileira, exibido pelo GNT.

O projeto foi feito pelos arquitetos Maristela Bridi, irmã de Sônia, e Fábio Silva. Uma das exigências do casal era a preservação do meio ambiente e a produção de energia solar. O espaço tem palmeiras, quaresmeiras, pau-mulato, palmito, açaí e até um lago com vitórias-régias.

"Eu queria um jardim que você não precisasse ficar regando e alimentando com produto químico, um jardim que se sentisse em casa. A minha ideia de um jardim no Rio de Janeiro seria uma extensão da floresta, que avançasse ao máximo pra dentro de casa", revelou a jornalista.

A piscina fica bem próxima à área verde, com salas e quartos voltados para a parte externa, o que proporciona iluminação natural, ventilação e vista para a natureza.

Nos comentários do vídeo publicado pelo canal Casa GNT, no YouTube, a repórter do Fantástico fez questão de responder aos seguidores sobre o impacto ambiental para a construção do local. "Primeiro: fica num condomínio, dentro da cidade, não numa reserva florestal", escreveu ela.

"Para a construção da casa foram retiradas nove árvores, com a devida licença, e como compensação 127 novas árvores foram plantadas. Para compensar a impermeabilização do solo, captamos água da chuva que depois é liberada aos poucos no ambiente", explicou Sônia Bridi.

A repórter de 56 anos já trabalhou como correspondente em Londres, Nova York, Pequim e Paris. As lembranças dos lugares por onde passou com o marido fazem parte da decoração da casa.

"A casa diz tudo sobre a cultura, a casa diz todo sobre o lugar onde a gente está. Nós moramos muito tempo na China, então tem um monte de tralha chinesa aqui. A gente traz o mundo pra dentro de casa através das lembranças, isso que eu acho legal de você trazer suas lembrancinhas de viagem", opinou ela.

Sônia e Paulo Zero moram no local desde 2013, mas o repórter cinematográfico diz que não vê essa como a residência onde passará o resto da vida.

"Quando você começa a morar na casa, você vai se assentando. A casa é uma âncora, mas mesmo essa âncora a gente pode levantar e partir pra outra. Eu não consigo me imaginar o resto da vida aqui, o tempo todo. Nós somos meio nômades. A gente gosta de conhecer o resto do mundo", falou o funcionário da Globo.

Durante a quarentena, o casal usa alguns cômodos como cenário para gravar entrevistas por chamada de vídeo e reportagens para o Fantástico. Assista abaixo ao programa Casa Brasileira, do GNT, que mostra a mansão ecologicamente correta na Barra da Tijuca:

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual novela a Globo deve reprisar depois de Novo Mundo?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook