Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
X
Instagram
Youtube
TikTok

DIFICULDADES

Após apoiar Bolsonaro, Regina Duarte é rejeitada no teatro: 'Fiquei no limbo'

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Regina Duarte falando, usando coque nos cabelos grisalhos

Regina Duarte em vídeo do Instagram; atriz sofreu rejeição profissional após apoiar Bolsonaro

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 6/11/2023 - 10h33

Regina Duarte já foi considerada uma das maiores atrizes do Brasil, mas atualmente está fora do teatro e do mercado audiovisual. Ela admitiu ter caído num limbo profissional após apoiar o ex-presidente Jair Bolsonaro. A atriz de 76 anos tentou voltar a fazer peças teatrais, mas foi rejeitada. "Não quiseram se envolver comigo", afirmou.

Em entrevista ao UOL, a atriz --que agora aposta nas artes plásticas-- contou como foram suas últimas tentativas de retorno aos palcos. "Tentei fazer teatro no ano passado [2022], mas os dois textos que escolhi não foram aprovados pelos autores. Não quiseram se envolver comigo, por suas razões, que eu entendo perfeitamente", explicou.

"Então, fiquei assim, meio no limbo ano passado todo, e no início deste ano o anjo jogou umas folhas em cima de mim", relatou, se referindo aos materiais recicláveis e naturais que utiliza em suas obras artísticas. Regina está expondo seus quadros na exposição A Natureza e Eu: Novas Descobertas acontece até o próximo dia 18 na galeria Aqua Arte, em São Paulo. 

A mçae de Gabriela Duarte trabalhou como secretária especial de Cultura do governo Bolsonaro durante apenas três meses, entre fevereiro e maio de 2020. A atriz rompeu um contrato de quase cinco décadas com a Globo para assumir o cargo e admitiu que não estava realmente preparada na época.

"Foi assustador, mas me ajudou a crescer. Hoje, consigo proteger melhor a menina ingênua do interior que eu insisto em exercer. Sou curiosa, interessada. Quis viver essa experiência. Vivi dando tudo o que eu podia dar", refletiu. 

"Fui defenestrada, essa palavra me ocorreu agora há pouco, e não me arrependo. Pelo contrário, foi muito bom para mim", acrescentou. "Eu não estava preparada. Eu sabia disso, mas eu contava com Humberto [Braga, produtor cultural e secretário adjunto da pasta]".

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.